segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

FÁBULA DE NATAL (Ilustração)

Certo homem, chamado Mogo, considerava o Natal uma festa sem o menor sentido. Segundo ele, a noite de 24 de Dezembro era a mais triste do ano porque várias pessoas se davam conta de quão solitárias eram, ou da pessoa querida que havia morrido naquele ano.
 Mas Mogo era um homem bom. Procurava ajudar ao próximo e era honesto nos negócios. Entretanto, não podia admitir que as pessoas fossem tão ingênuas a ponto de acreditar que um Deus havia descido a Terra só para consolar os homens. Para ele, essa história era irreal.
 Como sempre, na véspera da celebração do nascimento de Cristo, sua esposa e filhos se preparam para ir a igreja. E, como de costume, Mogo resolveu deixá-los ir sozinhos, dizendo: Seria hipocrisia da minha parte acompanha-los. Estarei aqui esperando a volta de vocês.
 Quando a família saiu, Mogo sentou-se em sua cadeira preferida, acendeu a lareira, e começou a ler os jornais daquele dia. Entretanto, logo foi distraído por um barulho na sua janela, seguido de outro e mais outro. Achando que era alguém jogando bolas de neve, Mogo pegou o casaco e saiu, na esperança de dar um susto no intruso.
 Assim que abriu a porta, notou um bando de pássaros que haviam perdido  seu rumo por causa de uma tempestade, e agora tremiam na neve. Como tinham notado a casa aquecida, tentarem entrar, mas, ao se chocarem com o vidro, machucaram suas asas, e só poderiam voar de novo quando elas estivessem curadas.
 "Não posso deixar essas criaturas aí fora", pensou Mogo. "Mas, como ajudá-las?"
 Mogo foi até a porta de sua garagem, abriu-a e acendeu a luz. Os pássaros, porém, não se moveram. "Elas estão com medo," pensou Mogo. Então, entrou em casa, pegou pão e fez uma trilha até a garagem aquecida. Mas a estratégia não deu resultado. Então Mogo tentou conduzi-los carinhosamente, mas os pássaros ficaram nervosos e começaram a se debater e andando sem direção pela neve, gastando inutilmente o pouco de força que ainda possuíam. Mogo já não sabia o que fazer.
 _ Vocês devem estar me achando uma criatura aterradora. "Será que não entendem que podem confiar em mim?" Desesperado gritou. _ Se eu tivesse uma chance de me transformar em pássaro só por alguns minutos, vocês veriam que eu estou realmente querendo salvá-los!
 Neste momento, o sino da igreja tocou e, um dos pássaros  transformou-se em anjo e perguntou a Mogo: _  Agora você entende por que Deus precisava transformar-se em homem? 
 E ajoelhando-se na neve, chorando, Mogo respondeu: _ Agora eu entendo, Jesus veio como homem e viveu como um de nós para que compreendêssemos que Ele nos ama verdadeiramente.


"Disse-lhes Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim."
(João 14.6)
(Extraído)

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

O GATO E OS RATOS (Ilustração)




Havia uma casa completamente cheia de ratos. Um gato soube disso e foi até lá e, pouco a pouco, ia devorando os ratos. Mas eles, vendo que estavam sendo caçados rapidamente, resolveram ficar escondidos em suas tocas.
Não podendo pagá-los, o gato planejou uma armadilha para que eles saíssem. Subiu no alto de uma viga, e deitado nela se fingiu de morto.
Porém, um dos ratos apareceu, o viu e lhe disse:
_ Escuta aqui, amiguinho: Mesmo que você fosse um saco de farinha eu não me aproximaria de você.
Moral da história: Os malvados, quando não podem ferir suas vítimas diretamente, procuram um truque atraente para fazer isso. Tome sempre muito cuidado com o muito lindo e atraente que lhe oferecem.


A atitude do gato dessa fábula representa bem o comportamento do diabo, pois ele raramente se apresenta de maneira feia ou assustadora quando quer destruir a vida de uma pessoa.
Ele vem sorrateiramente, sem dar alarde de sua chegada, com o objetivo de matar, roubar e destruir todas as pessoas, pois ele odeia o ser humano, por isso luta incessantemente para nos fazer sofrer, e principalmente para nos fazer desistir de seguir o caminho da salvação.
Por isso, fique atento; ore sempre; peça ao Senhor que o livre das tentações e das investidas do inimigo; e, acima de tudo seja prudente nas suas atitudes.


"Revesti-vos de toda armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo." (Efésios 6.11)
(Extraído)

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

O Lobo E A Cegonha (Ilustração)

Comer, comer, comer. O lobo adorava comer. Um dia, depois de devorar uma galinha, ficou com um osso entalado na garganta. Nem gritar para pedir ajuda conseguia. Estava no maior sufoco, quando apareceu uma cegonha. As cegonhas são, por natureza, boas e prestativas. Adoram ajudar os outros. vendo o lobo naquela aflição, ela sentiu tanta compaixão que esqueceu que os lobos são loucos por aves.
_ coitado... Preciso ajudá-lo a se livrar desse osso ou ele morrerá sufocado _ disse.
Com seu bico comprido, a cegonha tirou o osso da garganta do lobo como se pescasse um peixe no lago.
_ Ah, finalmente estou livre daquele osso maldito! Nunca mais vou comer galinhas tão novinhas... _ disse o lobo, sem dar a mínima para a cegonha.
_ Se você quiser me recompensar, eu também estou precisando de um pequeno favor..._ disse a cegonha.
_ Mas que petulância! Dê-se por feliz de estar viva. A poucos segundos eu poderia ter arrancado o seu pescoço! _ respondeu o lobo.


 Há muitas pessoas semelhantes ao lobo desta fábula, que não agradecem a ajuda recebida.
Entretanto, deixemos de lado a atitude dessas pessoas ingratas para analisarmos o caráter da cegonha que, na verdade, ilustra a natureza de todos nós, pois dificilmente prestamos um favor a alguém sem esperar agradecimentos. Mesmo quando pensamos que estamos ajudando o outro somente por amor, sentimos sim, a nessecidade de ouvir ao menos um "obrigado."
Talves agora você esteja pensando: "Ah, eu não sou assim, toda a ajuda que dou a  alguém é sempre com desprendimento, nunca espero retorno, nem agradecimento."
No entanto, quantos de nós já falamos ou pensamos: "É... o ajudei tanto e não recebi nem sequer um obrigado."
Esse nosso caráter precisa ser modificado para que possamos praticar o verdadeiro amor, aquele que Jesus nos ensinou: " Amai a vossos inimigos, fazei o bem aos que vos aborrecem".(Lucas 6.27), pois somente assim conseguiremos ajudar quem, supostamente, não merece nossa ajuda
 Você acha muito difícil agir dessa maneira? Então, ore ao Senhor, porque Ele é o único capaz de modificar o nosso caráter. Mas, além de orar coloque em prática a sua transformação.
É difícil, não é irmão? Mas, esse deve ser o caráter de um cristão.
(Extraído)



quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Bem por mal, Amor aos Inimigos

A ninguém torneis mal por mal.(Romanos 12.17a)
Eu, porém, vos digo: Amai vossos inimigos e orai pelos que vos perseguem, 
para que sejais filhos do vosso Pai que está nos céus. (Mateus 5. 44, 45a)


Introdução.
Muitas das vezes o homem pensa que o seu inimigo virá de fora, de pessoas que não tem nada a ver com ele. Quando derrepente, se surpreende com um inimigo dentro de sua própria casa; como agir diante dessa situação? O Espírito Santo vai nos ensinar através desta mensagem.


Quando pensamos em inimigo, pensamos naquela pessoa má que vai nos fazer mal e até nos agredir, e geralmente achamos que esse inimigo só virá de fora, quando, derrepente, nos surpreendemos com inimigos dentro de nossa própria casa. O senhor Jesus diz em sua Palavra: "Assim, os inimigos do homem serão os seus próprios familiares."(Mateus 10.36)  Inimigos, também são todos aqueles que se opõem totalmente a você e tudo aquilo que você acredita ou faz, principalmente no que diz respeito a sua fé.
Então, eles se levantam contra você, te perseguem, te afrontam e te fazem sofrer; o que fazer diante dessa situação? O senhor Jesus nos ensina que devemos amar e orar por eles, que devemos pagar o mal com o bem; todavia você deve esta pensando: "isso é muito difícil ou até mesmo impossível," é difícil, mas, não é impossível!, com a ajuda do Espírito Santo conseguimos essa proeza. O próprio Senhor Jesus nos deixou exemplo disso, quando seus algozes o crucificaram, ele disse: "Pai, perdoa-os eles não sabem o que fazem."(Lucas 23.34), talves você esteja pensando: "mas Jesus, era Jesus isto é, ele era o Filho de Deus, era Deus"; você está certo!, Jesus era 100% Deus e 100% homem, mas, naquele momento, era o homem Jesus que estava sofrendo, sendo assassinado.
Temos na Bíblia exemplos de vários homens como nós, pecadores como nós, que fizeram o mesmo que Jesus fez, isto é, pagaram o mal com o bem, amaram , perdoaram e oraram pelos seus inimigos. Vamos falar de dois deles: 
O primeiro deles foi José, quem não conhece a história de José do Egito?, que foi odiado, desprezado pelos seu próprios irmãos por inveja, que foi perseguido, maltratado e vendido como escravo pelos seus irmãos; por conta disso José com aproximadamente 17 anos, foi arrancado do seio de sua família, cresceu longe de seu pai que tanto amava, foi preso injustamente, como diz o ditado popular:" José comeu o pão que o diabo amassou;" mas, ele não guardou ressentimentos, isto é, mágoas em seu coração, por ele ser parecido com o seu Deus, Deus o honrou, de escravo passou a ser governador do Egito, e quando se deparou com seus irmãos, ele os perdoou e os abençoou.
O segundo exemplo foi o de Estêvão, o primeiro mártir da Igreja primitiva, quando estava sendo assassinado, apedrejado, ele orou por seus algozes dizendo: "Senhor, não lhes imputes(responsabilizes) este pecado." (Atos 7.60)
Estes homens, movidos pelo Espírito de Deus conseguiram este ato heróico, e eles não eram melhores que nós, nós não somos piores que eles!, se eles conseguiram agir assim, nós conseguimos também; basta pedirmos a Deus capacidade para isso, e Ele nos capacita; pois essa é a vontade de Deus, e precisamos disso para mostrarmos que somos filhos de Deus e  perfeitos como Ele é; pois, Ele mesmo nos deu esta ordem dizendo: " Amai os vossos inimigos, fazei o bem, emprestai sem nada esperardes. Então será grande o vosso galardão, e sereis filhos do Altíssimo, porque ele é benigno até para com os ingratos e maus." (Lucas 6.35) "Sedes, vós, perfeitos, como perfeito é o vosso Pai que está nos céus."(Mateus 5.48) "Como vós quereis que os homens vos façam, da mesma maneira fazei-lhes também."(Lucas 6.31)
Caroª leitorª, talves você tem sido perseguido, afligido e maltratado pelos seus próprios familiares, e você tem sentido que o seu amor por eles tem se esfriado e, a mágoa, o ressentimento tem tomado conta do seu coração; o Espírito de Deus te diz hoje: " Não deixe que esses sentimentos permaneçam  em seu coração, liberte-se desses sentimentos que não vem de Deus, esses sentimentos vão acabar com você, busque a libertação em Jesus Cristo, e peça a Ele capacidade para amar, perdoar e orar por seus inimigos, e ele lhe dará essa capacidade. Faça como Estêvão, ele não responsabilizou aquelas pessoas pelo pecado que cometiam contra ele, pois ele sabia que aquelas pessoas estavam sendo influenciadas por Satanás.
A própria Palavra diz que: " A nossa luta não é contra a carne  e o sangue isto é, contra as pessoas, mas sim, contra Satanás e seus demônios."(Efésios 6.12) Amadoª leitorª, você não está só nesta batalha, Deus é contigo," Ele é o socorro bem presente na hora da angustia." (Salmos 46.1), mostre através do amor e da oração pelos que  te perseguem, que você é filhoª de Deus e será grande o seu galardão(recompensa).

Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!


Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em: 22/11/2010.
Autora: Sandra Moura.





segunda-feira, 22 de novembro de 2010

O Nó (Ilustração)

Em uma reunião de pais numa escola da periferia, a professora ressaltava o apoio que os pais devem dar aos filhos. Pedia-lhes, também, que se fizessem presentes ao máximo de tempo possível. Ela entendia que, embora a maioria dos pais e mães daquela comunidade trabalhassem fora, deveriam achar um tempo para se dedicar e entender as crianças. Mas a diretora ficou muito surpresa quando um pai se levantou e explicou com seu jeito humilde, que ele não tinha tempo de falar com o filho, nem vê-lo durante a semana. Quando ele saia para trabalhar era muito cedo e o filho ainda estava dormindo. Quando voltava do serviço era muito tarde e o garoto não estava mais acordado. Explicou ainda que tinha de trabalhar assim para prover o sustento da família. Mas ele contou que isso o deixava angustiado por não ter tempo para o filho e que tentava se redimir indo beijá-lo todas as noites quando chegava em casa. Depois ele dava um nó na ponta do lençol para que o filho soubesse da sua presença. Quando o filho acordava e via o nó sabia que o pai estivera lá e o havia beijado. O nó era o meio de comunicação entre eles.
A diretora ficou emocionada e surpresa quando constatou que o filho desse homem era um dos melhores alunos da escola.
Aquele pai havia encontrado uma maneira simples, mas eficiente de se comunicar com seu filho, pois aquele gesto simples valia muito mais para aquele filho do que presentes ou desculpas sobre não ter tempo para lhe dar atenção.


E você, papai, que gesto tem feito para o seu filho perceber que você o ama?
Pais, que todos os gestos e palavras façam o seu filho ou filha sentir que seu amor por ele ou por ela não tem limites.


"Ainda que eu falasse as linguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor seria como o metal que soa ou como o sino que tine." (I Corintios 13.10)
(Extraído)

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Adoração e Fé Racional

Portanto, rogo-vos,irmãos,pela compaixão de Deus,que apresenteis os vossos corpos como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.
E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento,para que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.(Romanos 12:1,2)

Introdução.
Deus requer dos seus adoradores, uma adoração verdadeira e consciente; é necessário que aquele que se aproxima de Deus, creia nele e tenha conhecimento dele. O verdadeiro adorador é um inconformado, ele esta sempre
lutando, trabalhando para mudar a situação ao seu redor.


A igreja de Roma, vivia cercada pela idolatria e por todo tipo de iniquidade, o povo de Roma, era um povo que oferecia todos os tipos de sacrifícios(ofertas) aos seus deuses. Assim como, naquela época, também vive a igreja atual, ela está rodeada pela idolatria e por todo tipo de iniquidade.
Muitos crentes, acham, que a adoração é somente cantar bonito, levantar as mãos, dançar, dar glória a Deus e aleluias etc; mas não têm consciência isto é, entendimento ou conhecimento, da verdadeira adoração, do verdadeiro culto a Deus. A verdadeira adoração, é aquela que tem consciência isto é, que tem conhecimento de Deus e de sua vontade, a verdadeira adoração é:"obedecer a Deus, manter-se limpo, santo isto é, separado do pecado, dos prazeres que este mundo nos oferece.
Não adianta nada, a pessoa louvar, glorificar com os seus lábios, sendo que o seu coração está completamente afastado de Deus. O Senhor Jesus falou certa vez para a mulher samaritana:"Vós os samaritanos, adorais o que não conheceis..."(João 4:22)
Precisamos, apresentar os nossos corpos isto é, as nossas vidas, como ofertas(sacrifício) vivas para o Senhor, em santidade. Muitas pessoas acham, que oferta é só aquele dinheiro que ela oferece para a igreja, não, oferta não é só isso, nós também somos ofertas para Deus; o texto base diz:"...apresenteis os vossos corpos como sacrifício vivo...", apresentar é, dar, é oferecer-se a si mesmo para Deus, santo, puro e assim agradá-lo.
Vivemos rodeados, por pessoas que colocam a sua fé em deuses de pau, de pedra, etc, "esta é uma fé irracional;" essas pessoas não têm consciência do que estão fazendo, da inutilidade da sua sua fé. Há também, dentro das igrejas, pessoas que têm um tipo de fé irracional, muitos crentes dizem que crêem em Deus, mas no fundo, duvidam do poder de Deus, elas não conseguem ver e acreditar na sua vitória; os seus pensamentos são:"eu não vou conseguir, fulano não tem mais jeito, essa situação não tem mais jeito, etc; essas pessoas não têm conhecimento do Deus que servem e, a conseqüência disso é o fracasso.
A Palavra de Deus diz:"Ora, sem fé, é impossível agradar a Deus, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam."(Hebreus 11:6). A Fé racional, é uma fé consciente, que tem conhecimento do verdadeiro Deus, e do que Ele pode fazer.
Que nós, os verdadeiros adoradores, sejamos inconformados com este mundo, que venhamos lutar, trabalhar para transformar, converter este mundo, através da nossa mente renovada, renovada pelo poder de Deus; para que muitas pessoas venham ser transformadas pelo Espírito Santo, através de nossas vidas.

"Que Deus abênçôe a todos!"


Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em:02/11/09.
Autora:Sandra  Moura. 

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Um Grande Amor (Ilustração)

Numa aldeia Vietnamita, Um orfanato dirigido por um grupo de missionários foi atingido por um bombardeio. Os missionários e duas crianças tiveram morte imediata e as restantes ficaram gravemente feridas. Entra elas, uma menina de oito anos, considerada em pior estado.
Era necessário chamar ajuda por um rádio e, ao fim de algum tempo, um médico e uma enfermeira da Marinha dos Estados Unidos chegaram ao local. Eles teriam de agir rapidamente, senão a menina morreria devido aos traumatismos e a perda de sangue. Era urgente fazer uma transfusão. Mas, como?
Após alguns testes rápidos, puderam perceber que ninguém ali tinha sangue para doar. reuniram as crianças e entre gestos e arranhados no idioma, tentavam explicar o que estava acontecendo e que precisariam de um voluntário para doar sangue. Depois de um silêncio sepulcral, viu-se um braço levantar-se timidamente. Era um menino chamado Heng. Ele foi preparado às pressas ao lado da menina agonizante e espetaram-lhe uma agulha na veia.
Ele se mantinha quieto e com o olhar fixo no teto. Porém, passado algum momento, ele deixou escapar um soluço e tapou o rosto com a mão que estava livre. O médico perguntou-lhe se estava doendo e ele negou, mas não demorou muito a soluçar de novo, contendo as lágrimas.
Depois , os soluços ocasionais deram lugar a um choro silencioso, mas ininterrupto. Era evidente que alguma coisa estava errada. Foi então que apareceu uma enfermeira vietnamita vinda de outra aldeia e o médico pediu que ela procurasse saber o que estava acontecendo com Heng.
Com suavidade a enfermeira foi conversando com ele e explicando coisas, e o menino foi ficando aliviado. Depois, ele estava novamente tranquilo. A enfermeira então explicou aos americanos: "Ele pensou que iria morrer, não havia entendido direito o que vocês disseram e achou que iria ter que dar todo seu sangue para a menina não morrer.
O médico aproximou-se dele e, com a ajuda da enfermeira perguntou:
"Mas, se você pensou isso, porque se ofereceu para doar sangue?
O menino respondeu: "Ela é minha amiga."
(Autor desconhecido)

É uma história realmente emocionante, entretanto maior do que o amor desse menino por sua amiga é o amor de Jesus por todas as pessoas: tanto as que o amam quanto aquelas que o rejeitam, pois o amor dele é incondicional.

Deus, a todos escolheu para serem salvos; e para que isto aconteça basta que se entenda que somente Jesus derramou o seu sangue na cruz para nos livrar do inferno.


"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna." (João 3.16)
(Extraído)

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Uma História de Obediência (Ilustração)

Certa vez, um Pai disse a seu Filho amado: "Faz o que eu te peço."
E o Filho disse: "Sim Pai tudo que pedir eu faço."
Então, o Filho foi fazer a vontade do Pai, e durante toda sua vida, ele obedeceu às ordens do Pai fielmente. 
Até que um dia, o Pai pediu algo impossível, que doeria muito, um sofrimento inefável, sem igual, por uma causa quase perdida; então o Filho disse: "Se possível Pai, afasta de mim esse cálice, mas que seja feita a tua vontade, e não a minha."
Então, ele foi traído, preso, açoitado, humilhado, cuspido, julgado e condenado por crimes que nunca havia cometido. Ele pegou uma cruz que deveria ser nossa e trilhou o caminho das dores, sendo morto, mesmo inocente, por cada um dos nossos pecados. Apesar de todo o sofrimento, Ele fez a vontade do Pai.
Olhe agora para a cruz e pense em tudo o que Jesus Cristo fez por você e reflita sobre o quanto você tem feito por ele; o quanto Ele lhe amou e ainda ama, e o quanto você o ama.
Não tire os olhos daquela cruz e pense: Ele deu a vida por você. Agora, em gratidão e amor, entregue a sua vida a Ele, deixe-o guiar seus passos, chame-o para entrar em sua vida e nunca mais sair. Se entregue, como Ele se entregou por amor a você; deixe-o tomar conta do seu ser, e aprenda com Ele como viver uma nova vida.
Pense nisso! Pare de se preocupar, coloque sua vida na mão de Jesus. Em nome dele e com fé não tem como dar errado. Confie nele, pois Ele já mostrou o infindável amor por todos nós.


"Porque Deus enviou seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por Ele." (João 3.17)
(Extraído)

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Sete Anos de Baú (Ilustração)

Estamos em 1952. Jair é um jovem de 20 anos. Para ele, a vida se resume a trabalhar e tocar violão aos sábados nos bailes do interior. Chico, seu irmão mais velho, "virou crente", por isso não aparece mais nos bailes. Chico mudou e quer que todos conheçam a Jesus; por isso presenteia a seu irmão caçula com uma Bíblia.
Mas as atenções do violeiro não se concentram na Bíblia, mas nos bailes, por isso Jair esconde a Bíblia num baú por sete longos anos. Sete anos de Bíblia fechada, esquecida, sem vez nem voz na vida do violeiro boêmio.
 Dois anos depois de recebida a Bíblia, Jair se casa com Genita. Nasce o primeiro filho, um menino levado que mexe em tudo e põe a casa a baixo. Aos cinco anos, o menino acha o livro escondido e rasga nada menos que 35 capítulos de Gênises. Jair fica irado e resolve proteger o livro. A partir daí começa a lê-lo. Vai gostando, vai lendo para si e para sua família; vai assimilando lentamente a mensagem vigorosa que a Bíblia traz. Tanto lê que uns dez anos depois, Jair é batizado como o livro recomenda. Para alegria de todos, no céu e na terra, e principalmente para alegria de Chico que vê, enfim que sua iniciativa não foi inútil.
A Bíblia é assim: É semente que brota no tempo e no terreno certo.
"Porque a Palavra de Deus é viva e eficaz...(Hebreus 4.12).
"Assim será a Palavra que sair da minha boca: ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que enviei." (Isaías 55.11)
Sei que há histórias mais comoventes do que esta acerca da capacidade transformadora da Palavra de Deus. Mas esta me é particularmente cara porque não deixa de ser a minha própria. Jair Soares Fonseca é meu pai, agora distribuidor de Bíblias em Vila Velha, no Espírito Santo. E o menino rasgador da Bíblia, adivinhem que é?
(Extraído do livro Conta Outra - João Soares da Fonseca)


(Extraído)

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Não Desfaleçais na FÉ!

Por isso não desfalecemos. Ainda que o nosso homem exterior se corrompa, o interior, contudo se renova  de dia em dia. (II Coríntios 4: 16)


Introdução.
As lutas da vida, isto é, as adversidades muitas das vezes nos deixam fracos, isso é normal pois somos humanos e a carne é fraca. Mas não podemos deixar que o nosso espírito desfaleça, que a nossa fé em Cristo enfraqueça pois precisamos dela para vencer.


Os problemas da vida muitas das vezes deixam as pessoas debilitadas, desanimadas pois a estrutura humana é fraca. No texto acima o apóstolo Paulo afirma:..."ainda que o nosso homem exterior, isto é, o nosso corpo se corrompa isto é, se acabe, se decomponha o nosso espírito se renova de dia em dia". A Palavra de Deus diz:"...o espírito está pronto, mas, a carne é fraca."(Marcos 14.38), o apóstolo Paulo disse:"...quando estou fraco, então é que sou forte."(II Coríntios 11.10),as perseguições, as injúrias, as necessidades deixavam o apóstolo Paulo fisicamente debilitado, mas ele afirmava que estava forte espiritualmente.
Mas para que o nosso homem interior isto é, o nosso espírito esteja forte e se renove de dia em dia é preciso buscar diariamente a renovação espiritual através da comunhão com Deus, da leitura da Palavra de Deus, da oração, da vigilância e do jejum; buscando  revestir-se da armadura de Deus.  A Palavra de Deus diz: "No demais irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda armadura de Deus para que possais esta firmes contra as astutas ciladas do diabo...Portanto, tomai o toda armadura de Deus, para que possais resistir no dia mal e, havendo feito tudo, ficar firmes...tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito que é a palavra de Deus. Orando em todo tempo, com toda oração e súplica no Espírito.(Efésios 6.10-18)
A fé é como um escudo, ela faz parte da armadura de Deus, o escudo é um instrumento importantíssimo de proteção para o soldado, era com ele que os soldados da época se protegiam dos dardos(flechas); os maus pensamentos, as artimanhas de Satanás são como dardos em nossa vida, se não estivermos protegidos pela fé seremos atingidos e abatidos. 
Caroª leitorª, por mais que Satanás tente roubar isto é, tirar a sua fé, não deixe que isso aconteça, use a armadura de Deus, proteja-se com o escudo da fé, com a espada do Espírito que é a palavra de Deus.
A fé em Deus nos faz vencer tudo." Tudo é possível ao que crer"(Mc 9.23), busque diariamente a renovação  e a força espiritual no Senhor, para que você possa resistir firme no dia mal, pois o dia mal vem para todos nós, mas, quem é revestido da armadura de Deus vence tudo; se assim você fizer, com certeza você será um vencedor, uma vencedora em nome de Jesus.


Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em: 18/10/2010.
Autora: Sandra Moura.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

José (Ilustração)

Ele era jovem e bonito. Fruto de uma longa espera; o favorito de seu pai. Sonhou que seria grande, mas foi humilhado quando compartilhou seu sonho com aqueles que amava.
Então perguntou: "Por que Senhor?"
E o Senhor respondeu: "Espere e verás."
Os dias se passaram. Um novo sonho foi o bastante para que tentassem calar sua voz, matar as suas ambições. Vendido como escravo, levado para uma terra desconhecida, afastado de seu lar, ele perguntou mais uma vez: "Por que Senhor?"
E mais uma vez o Senhor respondeu: "Espere e verás."
Seu dom de interpretar sonhos é um instrumento que Deus usa para livrá-lo daquela situação. Frente a frente com o rei, ele é então promovido a governador como prova de confiança e agradecimento pelos serviços prestados. Mas, mesmo diante de tanta glória, não se envaidece, e humildemente muda a pergunta:"Para que, Senhor?" 
Só para ouvir ainda mais uma vez: "Espere e verás."
Chega o dia do conforto: De um lado, aqueles que o desprezaram e humilharam, do outro ele, jovem bonito, homem feito, com o poder nas mãos. Nada mais importa. O passado é esquecido, a outra face é dada. A esperança renasce com a alegria da reconciliação.
No velho testamento, essa é uma história que fascina, pois José tinha um propósito: agradar a Deus, não importando o que acontecece. Ele não conhecida o propósito de Deus, mas confiava que o Senhor o estava direcionando para o cumprimento desse propósito. Muitas vezez, nós nos desesperamos, queremos respostas imediatas, por isso descarregamos em Deus toda nossa frustração quando não obtemos tudo imediatamente; no entanto Deus, pacientemente, nos responde:"Espere e verás."
Essa espera depende de confiança plena. Crer que o Senhor usará tudo para o nosso bem, muito embora as circunstâncias possam mostrar ao contrário.
(Autor desconhecido)


"Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se veêm." (Hebreus 11.1)
(Extraído)

sábado, 23 de outubro de 2010

O Touro (Ilustração)

Um homem foi a uma tourada. No final da apresentação resolveu olhar os touros mais e perto, por isso dirigiu-se ao local onde eles estavam presos. Ao se aproximar de um touro percebeu que ele estava preso por uma corda muito fina que facilmente poderia ser rompida pelo touro. Naquele momento, pensou o homem, se o touro arrebentar esta corda com certeza ele irá me atacar, por esse motivo desesperado, ele procurou se retirar do local. Quando saia rapidamente encontrou um senhor que cuidava dos touros.
"O que houve meu jovem?" Perguntou o senhor.
"Este touro está preso por uma fina corda e se fugir irá nos matar, respondeu angustiado.
"Calma meu jovem", disse o velho com um sorriso no rosto, "o touro não arrebenta a corda porque ele não sabe  a força que tem."


Alguns de nós podem ser comparado ao touro desta história, pois desconhecemos a capacidade que nos foi dada por Deus para atuar em diversos segmentos da sociedade.
Quando este segmento social se trata especificamente da igreja, podemos obeservar muito de nós dotados de vários dons que, no entanto,  nos escondemos porque o medo e a timidez muitas vezes não nos permite perceber o quanto podemos ser usados na obra de Deus.
Devemos confiar mais em Deus e entregar nossos medos, nossos receios em suas mãos a fim de que Ele faça aflorar nossos dons para os empregarmos na obra de Dele.
Não tenha medo de enfrentar as dificuldades pelas quais você irá passar. Confie em Deus e tenha certeza de que no final da batalha Deus concede a vitória.


"Não te mandei eu? Esforça-te e tem bom ânimo; não pasme, nem te espantes. Porque o Senhor, teu Deus, é contigo, por onde quer que andares."   (Josué 1.9)
(Extraído)   

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

A Xícara De Chá (Ilustração)



 
Havia um casal que costumava ir à Iglaterra fazer compras em belas lojas. Ambos gostavam muito de atiguidades de cerâmicas e entraram numa loja para apreciar um conjunto de chá.
Quando viram uma xícara muito bonita disseram: "Nunca vimos algo tão bonito assim. Podemos ver aquela xícara?"
Quando a vendedora entregou a xícara para o casal, a xícara falou: "Vocês não sabem: Eu não fui sempre uma xícara de chá. Houve uma época em que era vermelha e de pura argila, mas um dia meu mestre me apanhou e me deu repetidas palmadas, até que gritei: "Deixe-me empaz!" Porém, sorrindo respondeu: "Ainda não!" Depois fui em uma roda e fiquei girando, girando...E quando pedia para ele parar, ele repetia: "Ainda não!" E para piorar a situação colocou-me no forno. Eu nunca senti tanto calor, por isso quis saber porque ele queria me queimar, então gritei, bati na porta. Mas, podia vê-lo através de uma abertura e podia ler seus lábios, enquanto balançava a cabeça: "Ainda não!"
Finalmente abriu aporta, colocou-me sobre a prateleira, e quando comecei a me refrescar ele me escovou e me pintou com uma tinta de cheiro horrível. Então gritei: "Pára, pára!" "Mas ele apenas disse: "Ainda não!" E levou-me para o forno mais quente ainda. Então implorei, supliquei, gritei, mas podia vê-lo repetindo a mesma frase: "Ainda não!" Ai eu começava a perder as esperanças quando ele abriu a porta do forno, me removeu e me colocou na prateleira, e uma hora mais tarde entregou-me um espelho que me causou espanto: Eu estava muito linda!
Depois de todo esse processo o mestre me disse: "Eu sei que lhe feri, que lhe dei palmadas, mas se eu tivesse a deixado no seu canto você teria secado até esfarelar. Todavia eu sei que lhe deixei tonta fazendo girar, mas se eu tivesse parado no meio do pocesso e não tivesse colocado você no segundo forno você não sobreviveria por muito tempo, pois não teria resistência, No entanto, agora está pronta, e foi transformada no que eu havia planejado.


 Deus tem um plano para cada um de nós, e, apesar de algumas vezes não compreendermos os propósitos que Ele tem para nossa vida, devemos crer que somos pessoas abençoadas, pois Ele não permitirá que  nossas tribulações durem para sempre.
Apenas aceite que o tempo de nosso Deus não é o nosso tempo porque Ele não dá o refrigério quando nós queremos, todavia no momento certo nos proporciona a vitória, porquanto Deus não tarda nem falha e escreve certo por linhas perfeitamente traçadas.
Se reagirmos com fé durante as tribulações, junto à vitória, chegará também o aperfeiçoamento espiritual, e, conseqëntemente, a intimidade profunda com Deus.


"Os olhos do Senhor estão sobre os justos; e os seus ouvidos, atentos ao seu clamor." (Salmos 34.15)


(Extraído)

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Os Anjos (Ilustração)

Dois anjos viajantes pararam para passar a noite na casa de uma familia miuto rica. A familia era rude e não permitiu que os anjos ficassem no quarto de hóspedes da mansão. Em vez disso, deram aos anjos um espaço pequeno no frio sótão da casa. À medida que eles faziam a cama no duro piso, o anjo mais velho viu um buraco na parede e o tapou. Quando o anjo mais jovem perguntou o motivo o anjo mais velho respondeu:"As coisas nem sempre são o que parecem."
No dia seguinte, os dois anjos foram descansar na casa de um casal muito pobre, mas muito hospitaleiro. Depois de compartilhar a pouca comida que a familia tinha, o casal permitiu que os anjos dormissem em sua cama, onde eles poderiam ter uma boa noite de descanso. Quando amanheceu, os anjos encontraram o casal banhado em lágrimas: A única vaca que eles possuiam e, cujo leite era o único meio de sustento, jazia morta no campo.
O anjo mais jovem estava indignado e perguntou ao mais velho: "Como você permitiu que isto acontecesse? O primeiro homem tinha de tudo e, no entanto, você o ajudou. A segunda familia tinha pouco, mas estava disposta a compartilhar tudo, e você permitiu que a vaca morresse."
"As coisas nem sempre são o que parecem", respondeu o anjo mais velho. Quando estávamos no sótão daquela imensa mansão, notei que havia ouro naquele buraco da parede. Como o proprietário estava obcecado com sua avareza e não estava disposto a compartilhar  sua boa sorte, fechei o buraco de maneira que ele nunca mais o encontrasse. Depois, ontem à noite, quando dormíamos na casa da familia pobre, o anjo da morte veio em busca da mulher do agricultor, e eu lhe dei a vaca em seu lugar.
As coisas nem sempre são o que parecem. Algumas vezes, isso é exatamente o que acontece quando as coisas não saem da maneira como esperamos, pois neste momento não conseguimos entender o que está havendo, mas se você tiver fé, só necessita confiar que, apesar das tribulações, Deus sempre prepara o melhor para seus filhos, no entanto, talves você compreenda isso só um pouco mais tarde.
(Texto adaptado - Autor desconhecido)

"E sabemos que todas as coisa contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto." (Romanos 8.28)  

(Extraído)       

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

O Milagre da Canção de um Irmão (Ilustração)



Quando Karen soube que um bebê etava a caminho fez todo o possível para ajudar o seu filho, Michael com três anos de idade, a se preparar para a chegada do bebê. Os exames mostraram que era uma menina, e todos os dias Michael cantava pertoda barriga da mãe, agradecendo a Deus pela sua irmãzinha. Ele já a amava antes mesmo de nascer.
A gravidez se desenvolveu normalmente, mas na hora do parto surgiram algumas complicações e a menina nasceu com poucas chances de sobreviver, por isso a ambulância levou a recém-nascida para a UTI neonatal do Hospital Saint Mary, porém, os dias passavam e a menina piorava a cada instante. O médico disse para os pais que se preparassem para o pior.
Karem e seu marido começaram, então os preparativos para o funeral. (Alguns dia atrás estavam arrumando o quarto para esperar o bebê...) A tristeza invadiu a todos, enquanto Michael todos dos dias pedia aos pais que o levassem para conhecer a irmãzinha, Dizia ele: "Eu quero cantar para ela, como sempre cantei" _ mas não eram permitidas crianças na UTI.  
Entretanto, Karen  decidiu: Ela levaria Michael ao hospital de qualquer jeito, e para isso o vestiu com uma roupa um pouco maior para disfarçar a sua idade e rumou para o hospital, no entanto a enfermeira não permitiu que ele entrasse e exigiu que ela o retirasse dali. Mas Karen insistiu: "Ele não irá embora até que veja a irmãzinha! Por favor, deixe-o entrar, só um pouquinho.
Diante da insistência de Karen a enfermeira levou Michael até a incubadora e ele olhou aquela miniatura de gente que perdia a batalha pela vida. Depois de alguns segundos olhando, ele começou a cantar com sua voz pequenininha, as cantigas que sempre cantava para ela: "Você é o meu sol, o meu único sol. Você me deixa feliz mesmo quando o céu está escuro. Por favor, não leve embora o meu sol." _ Enquanto Michael cantava, a respiração difícil do bebê foi se tornando suave, e a enfermeira, chorando, pedia  a Michael que não parasse. E o menino cantava: "Outra noite querida, eu sonhei com você..."
No dia seguinte, a irmã  de Michael já tinha se recuperado e em poucos dias foi para casa. O Woman´s Day Magazine chamou essa história de 'O milagre da Canção de um Irmão.' Os médicos chamaram simplismente de milagre. Karen chamou-a de 'O Milagre do Amor de Deus.'


Que exemplo lindo de fé e pureza. A palavra de Deus diz que temos que ter um coração como de uma criança. Vamos refletir um pouco sobre isso.


"Cria em mim, hó Deus, um coração puro e renova em mim um espírito reto." ( Salmos 51.10)


(Extraído)

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Medo e Murmuração, Frutos da Incredulidade

Não é isto que te dissemos no Egito: Deixa-nos, que sirvamos aos egípcios? Pois melhor nos fora servir aos egípcios, do que morrermos no deserto.
Moisés, porém, disse ao povo: Não temais. Estai quietos, e vede o livramento do Senhor, que hoje vos fará. Aos egípcios, que hoje vistes, nunca mais vereis para sempre
O Senhor pelejará por vós, e vos calareis. (Êxodo 14: 12,13,14)


Introdução.
Muitas pessoas diante das lutas isto é, das adversidades sentem medo, murmuram e até culpam a Deus pelos infortúnios que assolam suas vidas. Mas, esta atitude desagrada à Deus; pois o medo e a murmuração é prova da falta de fé em Deus; ao invés de murmurar é preciso declará a vitória, fazendo assim com certeza a pessoa será vitoriosa.


O medo e a murmuração desagrada à Deus. O povo de Israel, desde o Mar Vermelho até a chegada próximo à terra prometida, sempre que passavam por dificuldades murmuravam, reclamavam, culpavam à Moisés e a Deus pelos seus infortúnios, fizeram isto inúmera vezes, até que, um dia o Senhor Deus disse: "Já basta! Até quando vai me provocar este povo, até quando não crerá em mim?" 
O medo e a murmuração são frutos da incredulidade isto é , da falta de fé. Quando os doze espias foram espiar a terra prometida, eles viram que a terra era realmente boa, mas, havia ali inimigos poderosíssimos, homens gigantes, muito fortes, e dez daqueles espias ao relatarem a situação da terra para o povo começaram a falar mal dela, pelo fato de serem incrédulos, só conseguiram ver o que havia de negativo na terra, não conseguiram visualizar as coisas boas e, começaram a declarar para o povo: "Não conseguiremos! Eles são mais fortes que nós! Vamos morrer!, só afirmações negativas. Quando a pessoa é incrédula, ela só consegue ver o pior, ela não consegue acreditar no melhor, que vai superar aquele mal e, ela não consegue nada, ela realmente perde, pois sem fé é impossível agradar a Deus.(Hebreus 11:6)
A prova de que o medo é fruto da falta de fé, vemos, na história do apóstolo Pedro, quando andava sobre as águas, enquanto ele estava crendo o impossível estava acontecendo,mas, quando ele duvidou, teve medo e começou a afundar e, Jesus disse: "Homem de pequena fé, porque duvidaste?"(Mat 14:26) 
Quem murmura perde a bênção. Todas as pessoas do povo de Israel, que murmuraram, de vinte anos para cima com exceção de Josué e Calebe, não entraram na terra prometida, morreram no deserto, aqueles dez espias que infamaram a terra, morreram de praga; se a pessoa não se arrepender e não parar de murmurar, ela perderá a bênção. Então, não murmure! Profetize a vitória! Josué e Calebe  profetizaram a vitória, eles acreditaram que conseguiriam tomar posse da terra, que devorariam seus inimigos como a um pão, porque o  Senhor dos Exércitos, o Deus todo Poderoso estava com eles; e assim foi, como declararam, aconteceu, eles entraram na terra, venceram seus inimigos e tomaram posse dela. 
Da mesma forma será conosco se não duvidarmos; ao invés de murmurar profetize a sua vitória, cante um hino de louvor a Deus, quando a pessoa age assim, ela mostra que não tem medo, que confia em Deus e, é isso que Deus quer de nós, que confiemos Nele; pois quem duvida não consegue nada de Deus. Em Tiago 2: 6,7 diz que, tudo que pedirmos a Deus temos que pedir com fé, não duvidando, do contrário não conseguiremos nada de Deus; quem tem fé consegue tudo de Deus, pois Jesus disse:"Tudo que pedirdes em oração "crendo" recebereis."(Mat 21: 22)
Caroª leitorª, se você tiver fé em Jesus, não duvidar e não murmurar, você conseguirá tudo o que pedir(dentro da vontade de Deus é claro), agindo assim com certeza você será um vitorioso,uma vitoriosa em nome de Jesus.


Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em: 27/09/2010.
Autora: Sandra Moura.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Em Vez de Murmurares, Canta. (Canção)

No mundo murmura-se tanto, Entre os que cristãos dizem ser; Em vez de louvores há pranto, Fraqueza em lugar de poder. Murmuram - assim no deserto, em Mara, Israel murmurou; Oh! Não vêem que Deus está perto; jamais seu auxilio negou.(refrão)


(Refrão)
 Em vez de murmurares, canta Um hino de louvor a Deus; Jesus quer te dar vida santa, Qual noiva levar-te p'ra os céus.


Tu vives, irmão, murmurando, Tal como um escravo do mal; Se Deus a tua fé 'stá provando, Tu não tem razão para tal. Deus castiga aquele a quem ama, De ti, também não se esqueceu; Qual pai amoroso te chama, E cuida, sim, do que é seu. (volta ao refrão)


E mesmo se as ondas rugirem, No revolto e bravio mar, Os céus poderá ver se abrirem, Se um hino tua alma cantar, Não temas ciladas, nem morte, P'ra cima tu deves olhar; O leme segura bem forte, Até do céu a luz raiar. (volta ao refrão)



Se um hino cantar tu puderes, Nas horas de grande aflição, Então voarás, se quiseres, Até a celeste mansão; Nas asas da águia levado, Bem perto do mar de cristal E por fim então libertado, À terra chegar celestial.(volta ao refrão)


(Canção da Harpa Cristã: nº 302)

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

O Leão (Ilustração)

Numa grande floresta, vivia um leão muito, mas muito mau, que estava sempre com fome! Por isso, matava os animais menores para comer.
Um dia, os animais mais fracos, que viviam amedrontados, tiveram uma ideia: Resolveram se juntar para enfrentar o leão!


Juntaram-se muitos animais: Cobras, que lhe prenderam as patas, pássaros, que lhe deram bicadas, carneiros, que lhe deram com os chifres, porcos que o morderam, formigas que lhe fizeram cócegas, aranhas que o taparam com  teias, abelhas, que o picaram, moscas, que o chatearam, mosquitos, que lhe fizeram bolhas no corpo, cavalos que lhe deram coices...Enfim, cada um utilizava as armas que possuía.
Ouve uma luta feroz entre todos esses animais, mas o leão acabou por ser  derrotado pelos mais fracos. E a partir desse dia, os animais nunca mais foram incomodados.
Moral da história: A união faz a força.
(Fábula adaptada do original de Fábio, Leandro, Vítor e Maria)


Podemos aprender algumas lições com esta fábula; tais como: Sozinhos corremos um grande risco de sairmos perdendo diante das lutas da vida. E acima de tudo, sabemos que, como todo ser humano somos muito fracos, entretanto, devemos ter certeza que Jesus é a nossa fortaleza.
Uma outra lição que podemos observar nesta fábula é que a união com nossos irmãos em Cristo nos ajuda a suportar as adversidades.
Diante disso, também podemos perceber que, ao contrário do que alguns afirmam, a igreja exerce um papel importante na comunhão que devemos ter com nossos irmãos.


"Oh! Quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união!
(Salmos 133.1)



quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Jesus o Restaurador de Vidas

O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu pra pregar as boas- novas aos pobres. Enviou-me a restaurar os contritos de coração, a proclamar liberdade aos cativos, e abertura de prisão aos presos, a apregoar o ano aceitável do Senhor, e o dia da vingança do nosso Deus, a consolar todos os tristes, e ordenar acerca dos tristes de Sião que lhes dê ornamento por cinza, óleo de alegria por tristeza, veste de louvor por espírito angustiado.(Isaías 61. 2,3)
Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarrecados,  eu vos aliviarei. (Mateus 11.28)


Introdução.
Muitas pessoas têm buscado a solução para os seus problemas em muito lugares isto é, em muitas religiões. As pessoas costumam dizer:" Todos os caminhos levam a Deus"; sendo, que Jesus diz, que ele é o único caminho.(João 14.6) A pessoa pode até procurar a solução para sua vida em outros lugares, mas, não achará, o único que pode mudar a sua vida é Jesus, mas, para que isso aconteça é preciso ir até a Ele.


No texto de Isaías fala da missão de Jesus, o texto diz que Jesus foi ungido isto é, separado pelo Espírito de Deus para pregar as boas-novas(Palavra de Deus), ele foi enviado ao mundo para restaurar, libertar(salvar), consolar e trazer alegria. Desde a antiguidade a humanidade tem passado por situações difíceis, ela tem sido escravizada pelo pecado, pela tristeza, pela violência enfim por todo tipo de problemas; e, porque tudo isso?, isso tudo por causa do pecado. Desde que Adão e Eva pecaram a humanidade ficou sujeita ao pecado, e as consequências dele foram: A morte, as doenças, a violência e todo tipo de problemas; mas, Deus Pai já tinha preparado um plano de salvação e restauração para a humanidade, Jesus Cristo.
A palavra de Deus diz, que Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único Filho. Para que todo aquele que nele crê não pereça mas, tenha a vida eterna.(João 3.16) Jesus veio ao mundo cumpriu sua missão, pregou, salvou, curou, consolou, restaurou a vida de muitas pessoas, foi crucificado pelos nossos pecados e ao terceiro dia ressuscitou e, está a destra de Deus Pai intercedendo por nós. As pessoas que tiveram suas vidas restauradas na época em que Jesus esteve aqui na Terra e nos dias atuais, tiveram que tomar uma atitude, elas foram até a Jesus. Jesus disse: "Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, eu vos aliviarei".(Mat 11.28), todas, aquelas pessoas ouviram a voz de Jesus e foram restauradas.
Temos vários exemplos de pessoas na Bíblia que tiveram suas vidas restauradas por Jesus. Uma delas, foi o da mulher do fluxo de sangue, esta história bíblica é muito conhecida no meio evangélico, mas, talves você não a conheça; essa mulher sofria com uma hemorragia por doze anos, diz o texto que ela gastou todo o seu dinheiro com os médicos, mas, nenhum deles puderam curá-la;(hoje, com o avanço da medicina é fácil para um médico dar fim a uma hemorragia, mas, naquela época não era fácil, pois não havia recursos nem conhecimento por parte dos médicos de como dar fim aquele problema.) e diz o texto que aquela mulher soube que Jesus passava por sua cidade, ela sabia que só Jesus poderia curá-la e restaurar a sua saúde. E, ela foi, quando chegou lá a dificuldade para chegar perto de Jesus era muito grande, pois a multidão o rodeava e, ela pensou, se eu tão somente tocar em suas vestes, eu ficarei curada; e ela tocou e foi curada por Jesus a sua saúde foi restaurada.
Um outro exemplo de vida restaurada por Jesus foi o de Jairo, este homem tinha uma filha que estava muito doente, e Jairo também soube que Jesus passava por sua cidade, ele correu até a Jesus afim de buscar a cura para sua filha, mas, quando chegou até a Jesus seus amigos o alcançaram e disseram: "Jairo, não adianta mais, sua filha está morta, não tem mais jeito!" Mas, eles não sabiam que Jairo estava na frente Daquele que transforma a morte em vida, o Restaurador de vidas, Jesus Cristo. Aleluia! E Jesus disse para Jairo:"Não tenha medo, crê somente!", e Jairo creu, levou Jesus até sua casa e sua filha reviveu ela teve a sua vida restaurada por Jesus.
Um outro exemplo de vida restaurada por Jesus foi o de um homem chamado Bartimeu, este homem perdeu a visão, ficou cego, ele também soube que Jesus passava por sua cidade, ele sabia que só Jesus poderia curá-lo, quando Jesus passou perto dele, ele começou a clamar: "Jesus Filho de Davi, tenha misericórdia de mim", ele clamou assim por muito tempo a ponto de incomodar as pessoas, mas, ele não desistiu, Jesus tinha que ouvi-lo, e Jesus o ouviu, o chamou e o curou, Bartimeu teve a sua visão restaurada por Jesus.
O mesmo Jesus que operou no passado, opera no presente, se Perguntar-mos a algum cristão o que Jesus fez em sua vida, ele vai ter testemunho de restauração para contar, por que eles foram até a Jesus.
Caroª leitorª, eu não sei o que você precisa que seja restaurado em sua vida, mas, uma coisa eu digo para você, Jesus Cristo o Restaurador de vidas tem poder para mudar a sua vida! Qual é o seu problema?, é o casamento destruído, a doença, o vício, falta de paz no lar, desemprego..., seja qual for o seu problema, só tem um jeito, ir até a Jesus, buscar em Jesus a solução para sua vida, entregar a sua vida e os seus problemas nas mãos Dele e crer Nele, fazendo assim com certeza você será um vitorioso, uma vitoriosa em nome de Jesus.


 Que Deus te abençoe em nome de Jesus!


Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em: 02/09/2010.
Autora: Sandra Moura.





segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Como Enfrentar o Sofrimento e a Perseguição


Ó Deus do meu louvor, não te cales, pois a boca do ímpio e a boca fraudulenta, estão abertas contra mim; têm falado contra mim uma língua mentirosa.
Cercam-me com palavras odiosas, e pelejam contra mim sem causa.
Em paga da minha amizade me acusam,
mas eu sou um homem de oração.
(Salmos 109. 1-4) Salmo de Davi.

Introdução.
Diante do sofrimento e da perseguição muitas das vezes nos sentimos impotentes. Mas, para vencer-mos precisamos olhar para o nosso alvo, que é Jesus, o autor e consumador da nossa fé.

  Para enfrentar o sofrimento e a perseguição é preciso ser um homem e uma mulher de oração. Davi diante das dificuldades, dos sofrimentos e das perseguições que enfrentou não usou de outro subterfúgio a não ser o da oração, ele sabia que através da oração seria socorrido, ajudado por Deus; não tem outra maneira para se chegar a Deus e assim fazer seus pedidos a não ser pela oração, a oração é a nossa comunicação com Deus. O rei Davi venceu todos os seus inimigos porque era um homem de oração. O próprio Deus nos adverte a orar, ele diz: "Clama a mim e responder-te-ei. E anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes."(Jeremias 33.3)
  Para enfrentar o sofrimento e a perseguição é preciso ser humilde. A humildade de espírito, isto é, um coração humilde chama a atenção de Deus; precisamos nos humilhar diante de Deus e reconhecer que sem Ele não somos nada, não conseguiremos nada. Há pessoas que acham que são auto-suficientes, que são capazes de vencer o mal, a adversidade sozinhas e não têm a humildade de se chegar a Deus e pedir socorro; Jesus disse:"Sem mim nada podeis fazer".(João 15.5b)
  Para enfrentar o sofrimento e a perseguição é preciso ser manso. Muitas das vezes as pessoas querem devolver a afronta que sofrem da mesma forma, tem crente que diz: "Mexeu comigo levou! Sou convertido, mas a minha mão não é!, e não é isso que Jesus nos ensinou; Jesus nos diz:"Se alguém bater em sua face oferece a outra", isto é, não revide, não vá rolar no chão em pancadaria, isso não fica bem para um cristão, simplesmente engula a seco a afronta, saia de perto se possível, peça a Deus forças para não revidar e deixe que Deus fará justiça por você.
Jesus diz que os mansos herdarão a terra, isto é, será abençoado, receberá a herança de Deus que é a Canaã Celestial, o Céu; agindo assim com certeza seremos consolados e abençoados.(Mateus 5.3-5)
  Para enfrentar o sofrimento e a perseguição é preciso aguardar com paciência aquilo que se espera. A palavra de Deus diz: "Mas se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos."(Romanos 8.25) O salmísta Davi falou: "Esperei com paciência pelo Senhor...e ele ouviu o meu clamor."(Salmos 41.1), o rei Davi diz neste Salmo que ele esperou com paciência pelo tempo do Senhor e Ele atendeu o seu clamor. Muitas das vezes queremos que Deus resolva os nossos problemas, que responda as nossas orações no nosso tempo, e não é assim que funciona, é na hora e no tempo determinado por Deus pois Ele é o nosso Senhor e não ao contrário, Ele é quem manda.
  Para enfrentar o sofrimento e a perseguição é preciso não desfalecer, isto é, não enfraquecer. Não podemos permitir que a fraqueza espiritual tome conta do nosso coração, precisamos buscar a força de Deus para a nossa vida através da oração, do jejum e da meditação da Palavra de Deus, pois Ele é a nossa força! A palavra de Deus diz: "Tudo posso naquele que me fortalece!
(Filipenses 4.13) A palavra de Deus também diz: "Se te mostras fraco no dia da angustia, quão pequena é a sua força."(Provérbios 24.10)
  E para não desfalecer-mos no momento do sofrimento e da perseguição é preciso olhar para Jesus. Jesus Cristo é o nosso alvo, ele é o autor e consumador da nossa fé. A palavra de Deus diz:"...olhando firmemente para Jesus, o autor e consumador da nossa fé, o qual pelo gozo que lhe estava proposto suportou a cruz, desprezando a ignomínia(infâmia), e está a destra do trono de Deus. Considerai aquele(Jesus) que suportou tal oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos canseis, desfalecendo em vossas almas."(Hebreus 12.2,3) O Senhor Jesus disse:"O discípulo não é melhor ou maior que seu Mestre..." se Ele foi odiado, seremos também, se Ele foi perseguido, seremos também". Mas, Ele diz:"Alegrai-vos e regozijai-vos porque grande é o vosso galardão nos céus."(Mateus 5.11,12;10.25), se considerar-mos o que Jesus passou, com certeza não desfaleceremos, pois Ele mesmo disse:"Eu venci o mundo."(João 16.33)
  Caroª leitorª, não importa o tamanho do seu sofrimento e da perseguição que você tem enfrentado, Jesus é maior! Entregue nas mãos Dele a sua causa, ore a Ele, busque a humildade e a mansidão, espere com paciência pelo tempo do Senhor, não desfaleça o seu coração,  não olhe para o tamanho do seu problema, do seu inimigo, olhe para Jesus, creia Nele e você será um vencedor, uma vencedora em nome de Jesus.

Que Deus te abençoe abundantemente!!

Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em:30/08/2010.
Autora: Sandra Moura.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Não Jogue Palavras ao Vento (Ilustração)


Certo dia, uma senhora ia passando pela rua quando viu através da janela, uma cena terrível: O seu pastor estava correndo atrás da esposa com uma vassoura. Escutava seu grito e a via correndo para tentar escapar. Indignada, contou isso a várias pessoas, E em pouco tempo toda cidade já sabia do acontecido.
A liderança da Igreja, diante do fato. Reuniu-se e tomou a decisão de desligar o pastor do seu ministério. Ele aceitou a decisão sem argumentar, apenas pediu para fazer um culto de despedida. No dia marcado depois da mensagem, o pastor convidou sua esposa para o púlpito para que ela explicasse às pessoas porque ele estava sendo afastado do seu ministério.
Ela então explicou: "Meu marido está sendo desligado por ter me espancado( pelo menos foi esse o motivo alegado para o seu desligamento); Mas o que realmente aconteceu foi que, quando eu fazia a faxina da casa, apareceu um rato que começou a correr pelo cômodo.Eu comecei a gritar e a correr. Meu marido apanhou uma vassoura e começou a correr atrás do rato para o matar. Por isso estamos indo para outra cidade, mas gostaria que a pessoa que espalhou a falsa notícia sobre meu espancamento viesse até aqui, pois estamos prontos a perdoá-la pelo engano cometido."
Todos os presentes sabiam quem havia espalhado a mentira, por isso aquela senhora não teve outro jeito, senão ir até lá e pedir perdão. Então o pastor lhe disse: "Eu a perdoo, mas a irmã terá que cumprir um pedido que vou fazer, tudo bem?"
Ela concordou. Assim o pastor deu-lhe a seguinte incumbência: "Apanhe um travesseiro de penas, vá até o alto do morro num dia de vento forte e solte todas as penas no ar. No dia seguinte, volte e recolha todas as penas sem perder nenhuma e recomponha o travesseiro para ele ficar do jeito que era antes."
A mulher respondeu: "Ah, pastor, isto é impossível! Depois que o vento espalhar eu não conseguirei mais ajuntá-las."
O pastor então disse: "Pois foi exatamente o que a senhora fez com minha vida! Eu nunca mais terei o mesmo respeito das pessoas desta cidade, Por isso estou indo embora.
"Mas nenhum homem pode domar a língua, É um mal que não se pode refrear, está cheia de peçonha mortal." (Tiago 3. 8) "Meus irmãos, não convém que isto se faça assim." (Tiago 3. 10 b)
(Extraído)

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

A GRANDEZA DO MAR (Ilustração)


Você sabe porque o mar é tão grande? Tão poderoso? Porque teve a humildade de se colocar alguns centímetros abaixo de todos os rios.
Se o mar quisesse ser o primeiro, centímetros acima de todos os rios, não seria mar, mas sim uma ilha. E toda sua água iria para os outros, e ele estaria isolado.
A perda faz parte.
A queda faz parte.
A morte faz parte.
Precisamos aprender a perder, a cair, a errar e a morrer.
Impossível ganhar sem saber perder.
Impossível andar sem saber cair.
Impossível acertar sem saber errar.
Impossível viver sem saber viver.
Se aprender a perder, a cair, a errar, ninguém mais o controlará. Porque o máximo que poderá acontecer a você é cair, errar e perder. E isto você já sabe.
Bem aventurado aquele que já consegue receber com a mesma naturalidade o lucro e a perda, o acerto e o erro, o triunfo e a queda, a vida e a morte.

"Tomem sobre vocês o meu jugo a aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para vossas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve."
(Mateus 11.29-30)


(Extraído)

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Entregando os Nossos Cuidados nas Mãos do Senhor



Por isso vos digo: Não andeis ansiosos pela vossa vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais de que o vestuário?
Portanto, não andeis ansiosos pelo dia de amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo.
Basta a cada dia o seu próprio mal.(Mateus 6:25,34)

Introdução.
É comum diante dos problemas ficarmos ansiosos(Preocupados). Mas, a Palavra de Deus diz que a ansiedade não muda nada em nossa vida; a coisa certa a fazer é, entregar as nossas ansiedades nas mãos do Senhor pois ele tem cuidado de nós.

A Palavra de Deus diz que não devemos ficar ansiosos isto é, preocupados com a nossa vida, com o dia de amanhã. Todavia, você deve estar pensando: "Não tem como, não se preocupar!", e, você está certo!, somos naturalmente ansiosos, isso faz parte da nossa natureza humana, mas, a Palavra de Deus fala da preocupação extrema a onde a pessoa não consegue nem dormir tamanha é a preocupação.
A ansiedade não muda nada em nossa vida, o Senhor Jesus diz: "Qual de vós por mais ansioso(preocupado) que esteja pode mudar um côvado(medida) a sua estatura?"(Mat.6:27), isto é, a sua ansiedade vai mudar a situação?_ Não!, muito pelo contrário, ela só vai te deixar mal, sem sossego e vai lhe tirar até o sono. Ao invés de ficarmos ansiosos, temos que crer que Deus está connosco cuidando de nós, Jesus disse: "Pois, se Deus veste a erva do campo, que amanhã é lançada no forno, não vestirá muito mais a vós homens de pequena fé?", em outras palavras, Jesus está dizendo: "Se Deus cuida da erva do campo, não cuidará muito mais de vós homens de pequena fé?"(Mat.6:30), Jesus diz que temos muito mais valor do que elas.
A ansiedade sufoca a Palavra de Deus. Jesus contando a Parábola do Semeador, falou da semente lançada em vários tipos de solo, e um deles era o solo cheio de espinhos, simbolizando o coração ansioso, Jesus diz que os cuidados da vida sufocam a semente, que é a Palavra de Deus, e ela não pode frutificar.(Mat.13:7,22) A Palavra de Deus diz que a fé vem pelo ouvir, e ouvir a Palavra de Deus(Rom.10:17), um coração ansioso demais, não dá a devida atenção a Palavra que está sendo pregada e a conseqüência disso, é que, a fé não é produzida, não é edificada, não é fortalecida e a pessoa não consegue vencer, porque ela precisa da fé em Deus para isso.
Ao invés de ficarmos ansiosos temos que buscar a melhor parte. E qual é a melhor parte? A melhor parte é: " Buscar o reino de Deus e a sua justiça e as demais coisas nos serão acrescentada."(Mat.6:33), buscar o Reino de Deus, é buscar o seu Senhorio em nossa vida, é esperar que Ele, que é um Deus justo, faça justiça, julgue a nossa causa; é buscar a cada dia meditar e ouvir a sua Palavra, como fez Maria, ao invés de ficar preocupada com muitas coisas como a sua irmã Marta, ela escolheu a melhor parte, ficou aos pés do Senhor Jesus ouvindo sua palavra.
Então, o que fazer diante dos problemas e da ansiedade? A Palavra de Deus nos dá a resposta:1º. "Temos que expressar às nossas ansiedades a Deus em oração;" a Palavra de Deus diz:"Não estejais ansiosos por coisa alguma; antes, as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus, pela oração e súplica, com ações de graças."(Filipenses 4:6) 2º. "Lançar sobre Deus as nossas ansiedades;" a Palavra de Deus diz: " Lançando sobre Ele toda a vossa ansiedade, porque Ele tem tem cuidado de vós."(I Pedro 5:7), lançar sobre Deus as nossas ansiedades, é deixar na total responsabilidade de Deus os nossos problemas, as nossas preocupações, os nossos medos etc... e ficar na total dependência Dele, crendo que Ele está connosco, cuidando de nós e que Ele é conhecedor das nossas necessidades; como Jesus disse:"Deus vosso Pai celestial, sabe que necessitais de todas essas coisas..."(Ma.6:32)
Portanto, caroª leitorª, amadoª do Senhor, creia na sua vitória, creia que Deus é contigo, que Ele tem cuidado de você e que você já é um vencedor, uma vencedora em nome de Jesus.

Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em:19/07/2010.
Autora: Sandra Moura.

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Perseverança o Segredo da Vitória


Jesus contou-lhes uma parábola sobre o dever de orar sempre, sem jamais esmorecer.
Havia numa cidade um certo juiz que não temia a Deus nem respeitava o homem.
Havia também naquela cidade uma viúva, que ia ter com ele dizendo: fazer justiça...Por algum tempo não quis atendê-la. Mas depois disse consigo: Ainda que não temo a Deus nem respeito os homens, todavia como esta viúva me molesta, ei de fazer-lhe justiça, para que enfim não volte, e me importune muito.
Disse o Senhor: Ouvi o que diz o injusto juiz.
Não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele de dia e de noite, ainda que os faça esperar? Digo-vos que depressa lhes fará justiça...(Lucas 18:1-8)

Introdução.
A Palavra de Deus diz que a tribulação produz a perseverança e que nessecitamos de perseverança, para que depois de haver-mos feito a vontade de Deus alcancemos a promessa.(Romanos 5 : 3;Hebreus 10:36)

Definição: Perseverança= constância, persistência...

Temos na Palavra de Deus vários exemplos de pessoas que perseveraram na oração, na fé em Deus e venceram; falaremos de algumas delas nesta mensagem.
O primeiro exemplo de perseverança foi o de Jacó, ele saiu da terra de seu sogro, a onde viveu por muitos anos depois que fugiu de seu irmão, ele saiu com intenção de voltar para à sua terra, para junto de seu irmão e toda sua parentela.
No caminho Jacó atravessou a sua família e tudo que tinha o ribeiro de Jaboque, ele porém, ficou a fim de orar ao Senhor, e diz o texto que ele lutou com um homem(um anjo) a noite toda, já estava amanhecendo e o anjo disse:" Deixa-me ir,"_ e Jacó respondeu: - Não te largarei enquanto não me abençoares! E diz o texto que o anjo teve que ferir a junta da coxa de Jacó para que ele o soltasse. O que se chama isso? Isso chama-se "Perseverança!" Jacó saiu ferido, mancando daquela luta, mas ele não desistiu enquanto não foi abençoado, e Jacó conseguiu a sua bênção.
Desde que Jacó fugiu de sua casa, de seu irmão Esaú(que queria matá-lo, por causa da bênção que jacó recebera em seu lugar) ele tinha um sonho, o de voltar em paz para sua casa e ele pedia isso em suas orações. Enquanto Jacó estava do outro lado do ribeiro, clamando a Deus por esta graça, o Espírito Santo estava fazendo a obra no coração de seu irmão; e diz o texto que quando o seu irmão Esaú o avistou, ambos correram ao encontro um do outro, e seu irmão o recebera com um gostoso abraço.
Talves as lutas da vida tem te deixado ferido, machucado, mas não desista! persevere!
Um outro exemplo de perseverança foi o da mulher da região de Siro-Fenícia, uma mulher grega, esta mulher tinha uma filha endemoniada que sempre manifestava com demônios em casa, ela soube que Jesus estava passando por sua cidade, correu ao encontro do Senhor, e clamou: "Jesus filho de Davi, tem misericórdia de mim!" Ela clamou assim por muito tempo, mas Jesus não lhe respondia, até que o seu clamor começou a incomodar os discípulos, e eles falaram para Jesus: Mestre atende esta mulher, ela não para de clamar, e Jesus respondeu: Eu não fui enviado senão as ovelhas perdidas da casa de Israel. A mulher chegou, adorou, e disse:_Socorre-me! a minha filha esta horrivelmente endemoniada, e Jesus respondeu:- Não é bom lançar o pão dos filhos aos cachorrinhos, e ela respondeu:_ Sim Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem das mesas de seus donos(Jesus não à considerava como a um  cachorrinho, mas era assim que os judeus a consideravam, como a um cão, para os judeus todos os povos não judaicos eram imundos, tal qual a um cão, que para eles era um animal imundo, Jesus não pensava da mesma forma pois ele não fazia e não faz acepção de pessoas; mas eu acredito que ele estava testando a fé daquela mulher) em outras palavras aquela mulher dizia:_ Sim Senhor, eu sei que não sou merecedora, que não faço parte do seu povo, mas tem misericórdia de mim! E Jesus respondeu: "Hó! mulher grande é a sua fé, vá em paz" e o demônio já deixou sua filha. Aquela mulher não desistiu, ela perseverou, se humilhou diante do Senhor e conseguiu a sua vitória. A palavra de Deus diz que Deus habita em um Alto e Santo lugar, mas também habita num coração quebrantado e contrito.
Um outro exemplo de perseverança foi o de Jó. Jó de uma vez só perdeu todos os seus bens e os seus dez filhos morreram, certo dia ele também perdeu a sua saúde, diz o texto que ele ficou cheio de chagas malignas dos pés a cabeça e se coçava com caco de telha, a sua mulher chegou até a ele e disse: _ Ainda mantens a tua integridade, a tua lealdade? Amaldiçoa a Deus e morre!
E Jó respondeu: _ Como fala qualquer louca, assim falas tu! Jó com todo aquele sofrimento, não desistiu de sua fé, ele perseverou em oração e na fé em Deus, e declarou: _Eu sei que o meu Redentor vive e que por fim se levantará sobre a Terra! Em outras palavras Jó estava dizendo:_ Eu sei que o Deus que eu sirvo é vivo, e ele vai me tirar dessa situação, ainda o verei na minha vida! E por ser perseverante, Jó venceu, Deus o tirou daquela situação e deu a ele em dobro tudo o que antes possuía.
perseverança para alcançar-mos a promessa, a bênção de Deus em nossas vidas.
A Palavra de Deus Diz:" Perseverai na oração...Aquele que perseverar até o fim será salvo!" Se você perseverar na oração e na fé no Senhor Jesus, você será salvoª dessa situação em que vive, você será um vencedor, uma vencedora em nome de Jesus.

Que Deus te abençoe abundantemente!

Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em:05/07/2010.
Autora:Sandra Moura.

sábado, 3 de julho de 2010

Textos Bíblicos


...eu te tomei desde os fins da terra, chamei-te desde os seus cantos, e te disse: Tu és meu servo, a ti escolhi, e não te rejeitei.
Não temas, pois eu sou contigo;
não te assombres pois eu sou teu Deus.
Eu te fortalecerei, e te ajudarei; eu te sustentarei com a destra da minha justiça.
(Isaías 41.9,10)

*********************************************************************

Se te mostra fraco no dia da angústia,
quão pequena é a sua força.
(Provérbios 24.10)

***********************************************************************

Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado,
e salva os contritos de espírito,
Muitas são as aflições dos justos, mas o Senhor os livra de todas.
(Salmos 34.18,19)

***********************************************************************

Entrega o teu caminho ao Senhor;
confia nele, e ele tudo fará.
Descansa no Senhor, e espera nele...
A salvação dos justos vem do Senhor;
ele é a sua fortaleza no tempo da angústia.

(Salmos 37. 5,7ª,39)

Fábula da Convivência (Ilustração)


Durante uma era glacial remota, quando parte do globo terrestre esteve coberto por grandes camadas gelo, muitos animais não resistiram ao frio intenso e morreram por não se adaptarem às condições do clima hostil.
Foi então que uma grande manada de porcos-espinhos, numa tentativa de se proteger e sobreviver, começou a se unir e se juntarem mais e mais. Assim, cada um podia se aquecer, enfrentando por mais tempo aquele inverno tenebroso. Porém, vida ingrata, os espinhos de cada um começaram a ferir os companheiros mais próximos, e justamente aqueles que forneciam mais calor e calor vital.
Então, magoados, os animais feridos se afastaram por não suportarem mais tempo os espinhos dos seus companheiros, pois doíam muito.
Porém, essa não foi a melhor solução: Afastados, logo começaram a morrer congelados. Todavia, os que não morreram voltaram a se aproximar pouco a pouco, cuidadosamente, de tal forma que conseguiram se juntar o suficiente para resistirem à longa era glacial. E assim, sobreviveram.

Conviver com pessoas agressivas, rancorosas, revoltadas, requer uma grande dose de amor e paciência.
Porém, saber suportar os outros não é favor, é a obrigação de todos os que conhecem a Palavra de Deus, pois todos têm defeito, o único perfeito é Jesus.

"E, se amardes aos que vos amam, que recompensa tereis? Também os pecadores amam aos que os amam," (Lucas 6.33)
"Mas a vós, que ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos aborrecem." (6.27)
"A ninguém devais coisa alguma, a não ser o amor com que vos amei uns aos outros." (Romanos 13 .8ª)

(Extraído)

domingo, 27 de junho de 2010

Eu Acalmo o Mar (Canção)


Filho meu não temas não fiques assim desse jeito
O seu clamor chegou a mim estou aqui
Eu sei que o mal só vive cercando você na estrada
Tentando roubar sua fé até desistir
Pode ser grande o seu problema
Mas eu Sou maior que tudo
Acalmo esse vento forte lhe ajudo a prosseguir
Como ajudei meus servos de outrora não abandono
A quem clama e chora
Eu Sou o seu Deus o grande Deus

Eu acalmo o mar, não tema hó meu filho
Eu vim te ajudar, Sou seu porto seguro pode confiar
Eu Sou maior que tudo, então pra que temer Eu estou
com você
Eu acalmo o mar estou na sua frente sou seu guardião
Lhe guardo e lhe seguro com as minhas mãos
Eu Sou maior que tudo vou lhe abençoar você irá triunfar

Confia vai em frente não desista não se entregue
Veja a bandeira da vitória que se ergue
Eu estou contigo te sustento te liberto
Toda tempestade eu faço acalmar
Eu Sou o seu Senhor e lhe ajudo a toda hora
Quem é contra ti vai contemplar a tua vitória
Quando Eu abençoo ninguém pode intervir
Eu Sou Deus grande Deus.

(Autor: Marquinhos Nascimento)
(Intérprete: Rose Nascimento)

segunda-feira, 21 de junho de 2010

Jesus, a cura para a alma!


...Elias teve medo, e correu para salvar sua vida. Quando chegou a Berseba, que pertence a Judá, deixou ali o seu moço.
Ele mesmo, porém, foi ao deserto, a caminho de um dia. Chegou, assentou-se debaixo de um Zimbro e pediu para si a morte...(I Reis 19.3-8)

Introdução.
Os momentos de adversidades, nos trazem medo, desânimo, desespero e solidão. Mas, em Jesus podemos superar todas essas coisas.

. Medo = Sentimento de viva inquietação ante ao perigo real ou imaginário...
_ O profeta Elias, ante a notícia de que Jesabel a esposa do rei Acabe queria matá-lo, teve medo, e fugiu para salvar sua vida. Como que um homem usado por Deus, que acabara de enfrentar 450 profetas de Baal e matara todos a espada(juntamente com o povo é claro) agora diante de uma ameaça, de uma mulher foge com medo de ser morto?
. Desânimo = falta de ânimo, falta de coragem,falta de vontade...
_Agora, o profeta Elias foge e vai para o deserto, desanimado da vida isto é, sem coragem, sem vontade de viver e pede para si a morte. Elias, se vê cansado de tanta perseguição, de tantos problemas em sua vida.
Quantos de nós, alguma vez na vida, diante dos problemas não nos sentimos da mesma forma? Com medo de perder a batalha da vida, sem ânimo isto é, sem coragem, sem vontade de viver e chegou a pensar em morrer, e até mesmo já pediu a Deus para si a morte? E isto, não aconteceu somente com Elias, aconteceu com Jó e com muitos outros.
. Desespero = Aflição extrema...
_ Elias, se vê desesperado, em grande aflição, chega naquele deserto e diz para Deus: - "Já basta Senhor! Não sou melhor que meus pais, tira a minha vida...e fica deitado esperando a morte( uma atitude típica de depressão) a pessoa depressiva deita-se, e não tem vontade de se levantar a fim de dormir até morrer.
. Solidão = Estado de quem se acha ou vive só...
_ No texto que lemos, mais a frente, Elias esconde-se em uma caverna, e quando Deus perguntou para ele o que fazia ali, ele respondeu: "Tenho sido extremamente zeloso pelo Senhor Deus do Exércitos. Os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas a espada, "só eu fiquei" e estão tentando matar-me também.(V.14)
Elias estava se sentindo só, pensando que estava só.
Todo ser humano por mais espiritual que seja, por mais conhecimento de Deus que tenha, passa por esses momentos de fragilidade, porque o homem é um ser frágil, e ante ao perigo, a dor e ao sofrimento ele sente medo, desespero, desânimo e solidão. O próprio Senhor Jesus que era 100% homem e 100% Deus, em sua fragilidade humana, com excessão do desânimo, sentiu medo ante a dor que iria passar, sentiu uma grande aflição e solidão; Ele sentiu a necessidade da companhia de seus amigos naqueles momentos, sentiu a necessidade de que orassem juntamente com ele, mas Ele não teve isso, os anjos é que vieram consolá-lo logo após as suas orações.
Quantos de nós, nos momentos de aflição ficamos sozinhos, e tivemos somente o consolo do nosso Deus; e, graças a Deus por isso! Porque o que seria de nós se Ele não tivesse conosco nos momentos difíceis?
. Jesus, o pão e a água da vida!
_Elias, estava passando por tudo isso, mas, ele teve o consolo de Deus, a providência de Deus nos momentos mais difíceis da sua vida, Deus não deixou que ele se entregasse, não deixou que ele morresse; enviou um anjo com pão e água para que ele se alimentasse, e com a força daquele alimento ele prosseguiu a sua caminhada, fazendo a obra de Deus, vencendo os seus inimigos até que um dia foi arrebatado ao céu(Elias não morreu,foi levado vivo ao céu).
Jesus Disse:" Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Quem de mim se alimenta jamais terá fome e sede. E terá a vida eterna."(João.6.35,41,51) Só Ele é capaz de curar a nossa alma desses sentimentos, só Ele é capaz de alimentar o nosso espírito e dar-nos forças para prosseguir-mos a nossa jornada até o fim.
Talves assim como o profeta Elias, você está com medo de perder a batalha da vida, está sem ânimo até para viver, está desesperado e sentindo-se só. Mas, o Espírito Santo te diz hoje: "Jesus é o Pão que te alimenta, a Água que te sacia, o alimento que te fortalece, Ele é o único que pode lhe dar forças para vencer todo este mal; Nele você tem a vitória.
Ele disse: "No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, Eu venci o mundo.(João 16.33) O Senhor Jesus está dizendo nestas palavras que: "Enquanto vocês estiverem neste mundo, passaram por situações difíceis, mas, tenham coragem, Eu, o vencedor estarei com vocês e vencerão.
Caro leitorª, entregue a sua vida, os seus problemas nas mãos do Senhor Jesus, busque Nele a solução para os seus problemas, procure alimentar-se Dele o buscando na meditação de sua Palavra, em oração e jejuns e, você será um vencedor, uma vencedora; lembre-se de que Ele está contigo e que você não está só, e creia na sua vitória em nome de Jesus.

Que Deus te abençoe abundantemente!

Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em:21/06/2010.
Autora: Sandra Moura.