quarta-feira, 5 de agosto de 2015

O Vagão Certo (Ilustração)


Dois viajantes, julgando-se plenamente capazes de cuidar de si mesmos e de não necessitarem de orientação e de ajuda de terceiros, entraram em um vagão  de passageiros e acomodaram-se em confortáveis assentos.
 Quando estavam entretidos em animada conversa, viram aproximar-se um funcionário da Estação Ferroviária que lhes disse: " Por favor, dirijam-se a outro vagão."
  "Mas qual o problema com este vagão?"
  " Nenhum" - Respondeu o homem - Apenas este vagão não está ligado a outro, e, sentados aqui, vocês não irão a lugar algum!"
 Esse é o grande problema de alguns credos e filosofias, muito bonitas, e até agradáveis, mas que não levam a lugar algum. Se quisermos, nesta jornada da vida, chegar ao céu precisamos ter certeza de estarmos no trem certo.
 Iludimo-nos facilmente com aparências. Vamos a uma reunião porque as pessoas são amáveis, porque o que falam é bonito e por isso não vemos nada que nos pareça ruim. Até nos sentimos confortáveis em estarmos naquele local. Mas será que isso é suficiente?
 Nem sempre o melhor remédio é o que tem o gosto mais doce. Nem sempre o vagão mais bonito e mais confortável é o que nos levará ao destino que almejamos. Jesus é a única garantia para chegarmos ao céu e à vitória.
 O trem da salvação está passando e Jesus o convida para entrar. Você já adquiriu se bilhete?
 
"Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo." (Romanos 10.13)

" Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto." (Isaías 55.6)

(Extraído)

sábado, 1 de agosto de 2015

A Paz por Conhecer a Cristo


Vocês estudam cuidadosamente as Escrituras, porque pensam que nelas vocês têm a vida eterna. E são essas Escrituras que testemunham a meu respeito; contudo, vocês não querem vir a mim para terem vida. (João 5.39,40)

 A.W. Tozer (1897-1963) afirmou: " Se sua felicidade eterna necessita de algo que não seja Deus, você não é o tipo de cristão que deveria ser, porque apenas Deus é o verdadeiro descanso".

 Geralmente,  quando os cristãos pensam a respeito do que os separa de Deus, citam primeiro coisas terrenas, como dinheiro e poder. Entretanto, não são apenas as coisas desse mundo que geram esta separação; até mesmo o modo de relacionar-se com Cristo pode colocar-se entre a pessoa e ele.
 Como isso é possível? Bem, para alcançarmos a Cristo, fazemos muitas coisas; oramos, adoramos, temos comunhão com outros crentes, lemos e estudamos a Bíblia, meditamos, jejuamos e servimos uns aos outros. Esses recursos externos que nos ajudam a aprender sobre Jesus e a aproximar-nos dele são bons, mas também podem atrapalhar-nos. Podem distrair-nos quanto ao próprio Cristo. Assim, é perfeitamente possível praticarmos atos cristãos sem a presença do Senhor; envolver-nos tanto na rotina de ler, de estudar a Palavra, de frequentar a igreja, sem experimentarmos o próprio Deus e sem permitirmos que ele nos transforme. Terminamos não sendo capazes de ouvi-lo.
 Essa negligência para com Deus difere daquele períodos áridos em que o Senhor se mostra silencioso enquanto a nossa obrigação é continuar obedecendo-lhe e esperando que ele se manifeste. Essa negligência faz com que desperdicemos totalmente o propósito da oração e das atividades cristãs, afastando-nos de Deus e sentindo-nos satisfeitos com as muitas tarefas da vida cristã. Por isso existem muitos que frequentam a igreja, estudam a Bíblia, e vivem sempre da mesma maneira, sem Cristo e sem se darem conta disso.
 Que bênção eles perdem ao caminhar nesse tipo de trevas! O melhor aspecto da vida Cristã é a realidade incrível de Deus encontrar-se conosco face a face. Ele é incrível! E não apenas satisfaz nossas expectativas terrenas, mas as excede. Sempre trabalha para o nosso bem. O Senhor adora abençoar-nos, principalmente com sua presença e seu poder transformador, com bens materiais e com relacionamentos significativos.
 Deus é o nosso Pai, e ama a cada um de nós; é o nosso melhor amigo, e nos conhece bem; é o Rei que nos criou. Para buscá-lo com sinceridade, devemos despertar da rotina de nossa atividades religiosas. Temos de viver com Jesus e pedir que ele se torne "palpável" para nós. Peça que ele lhe dê o desejo de experimentar mais do que uma simples rotina. Então, descobrirá que a vida com ele é fácil e extraordinária.

    Jesus, minha única esperança; Jesus, meu Rei,
ajuda-me a cantar teus louvores com o meu coração e minha voz;
faça com que teus raios divinos iluminem meu caminho;
leva-me, ó meu Salvador, para mais perto de Ti.
                                                                                Fanny Crosby

(Extraído do livro: Água da Rocha).
 


Realmente muitos religiosos acham que o simples praticar ações  cristãs terão a paz e a salvação de suas almas, e quando lhes perguntam: Vocês querem receber Jesus como seu único Salvador e Senhor? Eles dizem: "Não". É assim que os religiosos da época de Jesus agiam, eles eram doutores da Lei de Deus, ou seja, das Escrituras, praticavam todas as atividades cristãs, mas não quiseram seguir a Jesus.
 As atividades cristãs são importantes, é importante orar, jejuar..., meditar as Escrituras pois o propósito de tudo isso é a nossa edificação, exortação e consolação. Mas, a vida eterna e a paz espiritual que precisamos está em Jesus, e pra isso precisamos nascer dele, precisamos recebê-lo como o único Senhor e Salvador.
 
Por: Sandra Moura. 

segunda-feira, 20 de julho de 2015

A Esperança do Salvo

 Disse Jesus: Nosso amigo Lázaro dorme, mas vou despertá-lo.
(Jo 11.11) 

 Nesse texto o Senhor Jesus fala da morte de seu amigo Lázaro, dizendo que irá despertá-lo, ou seja, ressuscitá-lo. A palavra de Deus diz que quando Jesus vier os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro e depois nós os vivos seremos arrebatados e nos encontraremos com eles nas nuvens para juntos encontrarmos nos ares  com o Senhor Jesus (I Tes 4.13-18).
 Os mortos em Cristo dormem, mas Jesus Cristo irá despertá-los.
 A morte para o salvo é um sono, um descanso de todas as labutas e dores da vida, e no dia que Jesus vier todos serão ressuscitados; essa é a nossa esperança.
 Tal vez, você é cristão e alguém da sua família faleceu e você está desconsolado, desesperado e até com dúvidas do destino eterno de seu ente querido. Sei que não é fácil a dor, as saudades são imensas e só Deus e o tempo te fará superar isso, mas, tenha fé em Deus, busque nele o consolo que você precisa, não pense no pior, creia que seu ente querido no último momento de sua vida teve um particular  com Deus e se arrependeu, e recebeu a salvação eterna e você terá paz em seu coração.

   Que Deus te abençoe e console seu coração em nome de Jesus!

Por: Sandra Moura.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Perfeição ao Imperfeito


Quando Abrão atingiu a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o Senhor e disse-lhe: Eu Sou o Deus Todo-Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito.
E farei uma aliança entre mim e ti e te multiplicarei extraordinariamente. (Gênesis 17.1,2)





Int.
Quando o homem, um ser imperfeito, se torna perfeito pra Deus? Quando obedece Seus preceitos.

 Ao ler o texto base dessa mensagem fico a meditar, como Deus pode pedir a um ser imperfeito que seja perfeito. Ser perfeito de acordo com o dicionário da Língua Portuguesa é aquele que reúne todas as qualidades concebíveis ou atingiu o mais alto grau de uma escala de valores... E, olhando para a nossa natureza humana por mais que nos esforcemos ainda ficaremos devendo no que diz respeito a perfeição. O único perfeito que não tem nenhuma falha é Deus.
 Ao analisar o significado da palavra perfeito no dicionário da língua original do Antigo Testamento que é o Hebraico, vi que a palavra significa: inocente, sinceridade, inteiro, completo.... Neste contexto a palavra significa que o sujeito assim descrito por este adjetivo, no caso perfeito, satisfaz externamente todas as exigências da lei de Deus, e que nada há em suas atividades externas ou disposição interna que seja odioso a Deus; exemplo: "Noé era varão justo e reto em suas gerações"(Gn 6.9). Resumindo: O homem perfeito neste contexto é aquele que não tem nada que desabone sua pessoa e conduta como cristão e como pessoa comum, que é justo e reto, enfim ele é irrepreensível, isso é, não há nada em sua vida que seja digno de repreensão da parte de Deus e das pessoas
 Nos tornamos perfeitos pra Deus quando: 
Andamos em sua presença. Deus disse para Abrão: "Anda na minha presença... A ordem do nosso Deus é que andemos na sua presença, ou seja, que jamais nos afastemos dele; Deus não se afasta do homem, é o homem que se afasta de Dele.
 O fato do homem se afastar de Deus quer dizer que este não quer nada com Deus, quer distância de Deus e essa distância o prejudica e, Deus respeita a decisão do homem mesmo sabendo que este irá sofrer com isso. Deus disse para o povo de Israel: "Tornai-vos pra mim e eu me tornarei para vós" Só seremos abençoados, protegidos...e salvos se andarmos e permanecermos na presença de Deus.
 Nos tornamos perfeitos pra Deus quando obedecemos sua palavra. A palavra de Deus diz que aquele que obedece as leis de Deus é bendito, abençoado... ela diz que homem obediente será bendito em tudo o que fizer, tudo que é seu será bendito, que as bênçãos do Senhor o seguirão e o alcançarão aonde ele estiver(Dt 28). Jesus disse que seremos seus amigos se fizermos o que ele nos manda(Jo 15:14).
 Nos tornamos perfeitos pra Deus quando somos como uma criança. Uma criança é simples, sincera, inocente... Jesus disse que se não nos tornarmos como uma criança, de modo nenhum entraremos no Reino dos céus(Mt 18.3). Para sermos salvos precisamos ter a pureza, a sinceridade... como de uma criança; precisamos buscar isso para nossa vida.  
 Muitas pessoas querem ser abençoadas por Deus, mas, não querem andar em sua presença, não querem compromisso com Ele, ou seja, querem a benção, mas, não querem o Abençoador. Desse modo não conseguirão nada de Deus, não serão abençoadas; pois a condição para isso é andar na presença do Senhor Deus.
 Nos tornamos perfeitos pra Deus quando negamos a nós mesmos. Jesus disse que aquele que quiser segui-lo deve negar a si mesmo e levar a sua cruz. Negar a nós mesmos é dizer não para nossa natureza pecaminosa, é quando a sua carne pede pelo pecado e você diz não a ela, é renunciar seus desejos carnais enfim tudo o que desagrada a Deus, que contrária a sua palavra. É quando a sua natureza carnal diz: não perdoe essa pessoa ela te fez muito mal, e você perdoa, é quando na sua incapacidade de perdoar você se humilha diante de Deus reconhecendo isso, e pede a Deus condições  para isso porque você sabe que essa é vontade de Deus.
 Nos tornamos perfeitos pra Deus quando tememos a ele. Temor é respeito, reverência... é o reconhecimento da autoridade Divina como único é absoluto Deus. Abraão temeu a Deus, Deus disse para ele: " Não estenda a tua mão sobre o moço e não lhe faças nada; porquanto agora sei que temes a Deus e não  negaste o teu filho, o teu único filho"(Gn 22.12). Há pessoas que têm um total desrespeito, destemor pelo Divino, certa feita estava eu a procurar na internet figuras ilustrativas de Jesus Cristo, e pasmem, tinha desenhos de Cristo levando picada na veia, com mulheres nuas... um total e completo desrespeito e esse ato se não houver arrependimento trará a condenação eterna.
 Queridos Deus nos ordena: "Sede santos, porque Eu Sou Santo. Sede perfeitos diante do Senhor vosso Deus"(Dt 18.13;I Pedro 1 .16). Deus disse para Abraão e diz pra todos nós: "Anda na minha presença e sê perfeito. E te abençoarei extraordinariamente" (Gn 17. 1,2). Para sermos abençoados extraordinariamente precisamos andar na presença do Senhor nosso Deus e sê perfeitos, ou seja, precisamos ser irrepreensíveis diante de Deus e das pessoas, precisamos estar sempre perto de Deus sem nunca distanciarmos Dele. 
 Tudo que foi dito nessa mensagem se resume em uma só palavra: Obediência. Abraão obedeceu a  ordem de Deus é foi abençoado extraordinariamente. A nossa intenção em obedecer a Deus e nos tornarmos perfeitos pra Ele, não deve ser somente pelas bênçãos, mas, sim, principalmente em agradar a Deus pois ele é merecedor disso, pois ele fez e tem feito muito por nós.  


   Que Deus te abençoe extraordinariamente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Espírito Santo de Deus.
Em:12/04/2015.
Tema e tópicos extraídos da Bíblia da Pregadora.
Título e desenvolvimento: Sandra Moura.

 

quarta-feira, 1 de julho de 2015

A Demora Divina


Os meus olhos desfalecem, esperando por tua promessa; eu digo: Quando me consolarás?
(Salmos 119.82).
Sabendo que a prova da vossa fé desenvolve a perseverança. ( Tiago 1.3)

Int.
 A demora Divina testa a fé, desenvolve a perseverança e amadurece espiritualmente as pessoas.

 A demora Divina prova a nossa fé.
No texto de Tiago 1.3, diz: "Sabendo que a prova da vossa fé..."  Provar é testar, assim como o ouro é passado pelo fogo para ser testado, para que seja purificado e possa ficar perfeito sem nenhuma impureza para que não perca o seu valor; o salvo também é passado pelo "fogo" da provação para que redunde, ou seja, para que o resultado ou a finalidade disso seja o louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo e por fim a salvação da sua alma (I Pedro 1.7-9). Depois de ser provado e aprovado o salvo experimentará  o louvor, a glória e a honra de Deus em sua vida e no final quando Jesus vier a salvação eterna.
  A demora Divina desenvolve a perseverança ou a paciência.
No texto de Tiago 1.3, também diz: "... a prova da vossa fé desenvolve a perseverança." Uma vez a fé sendo testada logo desenvolveremos a perseverança, a paciência ou persistência; condição necessária para obtermos a vitória. Em Tiago 5.7, o autor fala da paciência do lavrador na espera do fruto da terra aguardando-o  com paciência as primeiras e últimas chuvas. A paciência é necessária pois há o tempo certo para todas as coisas, até para a resposta de Deus.
  A demora Divina nos tornam maduros e completos.
Desenvolvida a perseverança nos tornamos maduros e completos, em Tiago 1.4, diz: " Ora a perseverança deve terminar a sua obra, para que sejais maduros e completos, não tendo falta de coisa alguma."  O tempo faz amadurecer; em nossa vida física quanto mais crescemos, mais maduros somos e não é diferente em nossa vida espiritual, as provações prolongadas trazem esse amadurecimento e quando nos tornamos maduros estamos completos(perfeitos...). Veja o caso de Jó, a sua provação foi longa a ponto dele desejar morrer, mas, no fim dela Jó se viu com mais conhecimento de Deus, ele cresceu espiritualmente e chegou a conclusão que  conhecia o Senhor de ouvir falar, mas, agora, disse ele: Os meus olhos te vêem; ou seja te conheço porque te vejo em minha vida (Jó 42.5).
  A demora Divina é para que haja arrependimento.
A palavra de Deus diz que ele não retarda a sua promessa...Ele é longânimo para conosco pois não quer que ninguém se perca, senão que todos venham arrepender-se (I Pedro 3.9). Muitas das vezes Deus permite a adversidade na vida da pessoa para que ela acorde para a vida, e perceba o quanto de errada ela está e tem feito e que precisa mudar, se arrepender e se voltar para Deus para que seja salva.
  Muitas pessoas são humildes e reconhecem logo suas faltas, mas, há outras, que são duras e só através do sofrimento  é que elas se dobram; quanto mais demorar a dureza do coração da pessoa, mais prolongada será a adversidade até que ela chegue a onde Deus quer.
  Há na Bíblia exemplos de pessoas  com sofrimentos longos, um deles foi o salmista Davi, pelas suas declarações dá pra ver que estava sofrendo por muito tempo, veja o que ele diz: "Os meus olhos desfalecem, esperando por tua promessa; eu digo: Quando me consolarás?(Salmo  119.82). Até quando, ó Senhor? .Esquecer-te-ás de mim para sempre?(Sl 13.1).  A resposta de  Deus para ele estava demorando tanto que até pensou  que Deus o tinha esquecido. Quantos de nós não pensamos a mesma coisa? Mas Deus não esquece de seus filhos!
  Um outro exemplo foi o do profeta Habacuque, a ele também parece que estava demorando a resposta Divina, ele disse: " Até quando, Senhor, clamarei eu, e tu não me escutas? Ou gritarei a ti: Violência! E não me salvarás? Habacuque chegou a ponto de pensar que Deus não o estava escutando. Quantos de nós não pensamos o mesmo? Mas, os ouvidos do Senhor não estão agravados para que não possa nos ouvir.
 O segredo é esperar com paciência  a resposta Divina. O salmista Davi disse: " Esperei com paciência pelo Senhor, ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. Tirou-me de um lago horrível, de um charco de lodo; pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos" (Salmos 40.1,2). A palavra de Deus também diz: " Sede, pois, irmãos, pacientes até a vinda do Senhor... Sede pacientes, e fortalecei os vossos corações, porque  a vinda do Senhor está próxima" (Tiago 5.7). É na perseverança que receberemos nossa vitória e ganharemos nossa salvação.
  O Senhor não retarda a sua promessa! Há um ditado popular que diz:  Deus tarda, mas não falha. Isso não é verdade, pois Deus não tarda, Ele tem o tempo certo de fazer todas as coisas; na realidade nós é que achamos que Ele está demorando. Na palavra de Deus diz: " Mas, amados, não ignoreis: que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia" (II Pedro3.8). Isso quer dizer que o tempo de Deus não é como o nosso; você pode está esperando a resposta de Deus durante um ano, mas pra Deus é apenas algumas horas.
 A palavra de Deus diz ainda: " O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns à têm por tardia. Ele é longânimo para convosco, não querendo que ninguém se perca, senão que todos venham arrepender-se" (II Pedro 3.9).
 A demora Divina tem sempre um propósito e, com certeza é para nos dar o fim que Deus espera e que esperamos. Deus sabe o tempo que cada pessoa precisa para chegar aonde Ele quer que chegue; a conclusão de tudo isso é, que Deus tem o tempo certo de agir em nossa vida e de responder nossas petições; tão somente é necessário que esperemos com paciência e perseverança que com certeza seremos respondidos.

    Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Santo Espírito de Deus.
Em:25/03/2015.
Título e Tópicos: Extraídos da Bíblia da Pregadora.
Desenvolvimento: Sandra Moura.
 
 

quarta-feira, 3 de junho de 2015

A Terapia de Deus


E o cabelo de sua cabeça, logo após ser rapado, começou a crescer de novo.
Sansão clamou ao Senhor e disse: Senhor Deus, peço-te que te lembres de mim, e dá-me força só esta vez, ó Deus, para que me vingue dos filisteus, ao menos por um dos meus olhos. (Juízes 16.22,28)

Int.
 As adversidades e as perseguições as vezes nos deixam desanimados, desencorajados e deixa a nossa alma enferma. Mas, Deus tem e É o remédio para nossa cura. 

 Ao ler a história de alguns personagens da Bíblia, pude observar que alguns deles passaram por desânimo, desencorajamento e alguns deles passaram por enfermidades da alma a ponto de não quererem viver mais. Mas, Deus sempre se manifestava trazendo o ânimo, a coragem... e a cura.
 Um desses personagens foi o profeta Elias. Ele era tremendamente usado por Deus, cheio de fé, de autoridade, de ousadia e do poder de Deus. Elias era um profeta tão cheio do poder de Deus que quando ele falava, acontecia, quando seus inimigos vinham para lhe fazer mal, ele dizia: " Se sou homem de Deus caia fogo do céu e consuma a todos vocês;" e o fogo caía e consumia os seus inimigos. Elias tinha acabado de vencer os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal, quando Jezabel ameaçou de mata-lo, Elias fugiu e foi para o deserto a fim  de pedir para si a morte, dizendo: "Já basta  ó Senhor, toma a minha vida pois não sou melhor que meus pais"(I Reis 19:4).
 Elias não estava sem fé, mas, como todo ser humano, ele chegou no seu limite. As vezes são tantas as lutas, que quando você pensa que vai haver bonança, ou seja, que vai descansar, vem uma "onda" atrás da outra te dando "pancadas", te "derrubando" aí vem outra te "bate" novamente e te "derruba" de novo, é  assim que são as lutas da vida, são como o mar bravio com suas ondas gigantescas sobre nossas vidas. São tantas as "pancadas", ou seja, os sofrimentos que chega um momento em que você não aguenta mais; esses momentos são aqueles em que você diz: " Não aguento mais Senhor!" Elias chegou nesse ponto, mas, Deus enviou o seu anjo com pão e água, ou seja, com elementos para sua cura, para o seu fortalecimento espiritual e físico. O pão simboliza o Senhor Jesus o pão vivo que desceu do céu e a água a Sua palavra, o Seu Espírito; Elias se alimentou e foi curado, e suas forças foram restauradas.
 Se você está assim como Elias, busque em Jesus Cristo a sua cura, busque em sua palavra e no Espírito Santo a força, o ânimo, a coragem que você precisa que Ele te curará e restaurará suas forças.
 Um outro personagem foi o povo de Israel. Este povo estava cativo por quatrocentos e trinta anos no Egito, sendo severamente castigados, subjugados e estavam grandemente aflitos e angustiados quando clamaram ao Senhor, Ele os ouviu e enviou um libertador, e os libertou da escravidão restaurando assim a alegria, a paz e a liberdade com isso suas almas foram curadas de toda angústia.
 Um  outro personagem foi Josué. Homem de Deus, cheio de fé, do poder de Deus, sempre vencia as batalhas com a ajuda de Deus. Certo dia, saíram para a batalha certos que venceriam, como sempre, mas, perderam a batalha, muitos de seus guerreiros foram mortos e Josué ficou desolado, se prostrou perguntando a Deus o porque daquilo tudo, e Deus lhe disse que a derrota foi por causa da desobediência de um de seus guerreiros e, que ele deveria tirar do meio do arraial a coisa condenada. Muitas das vezes as desventuras, os sofrimentos e as derrotas em nossas vidas é nossa própria culpa e a cura... a solução virá quando arrancarmos de nossa vida o que é condenado por Deus. Se nada está dando certo é  o momento  de nos prostrarmos diante de Deus suplicando sua misericórdia e perdão, e fazer a nossa parte tirando de nossa vida tudo que é errado; foi isso que Josué fez, ele baniu do meio do arraial a coisa condenada.
  Um outro personagem foi Sansão. Ele foi escolhido por Deus desde o ventre de sua mãe para ser juiz e libertador de Israel, Sansão não podia beber bebida forte, nada que viesse da videira, vinho, não podia cortar seus cabelos... e pela lei não podia casar-se com mulheres de outros povos. Sansão era cheio do poder de Deus era um homem extremamente forte; certo dia ele se apaixonou por uma prostituta chamada Dalila e revelou o segredo que não era pra ser revelado, de onde procedia a sua força, ele contou que a sua força estava em seus cabelos e que à perderia se fossem cortados.
 Dalila esperou que ele adormecesse, cortou os seus cabelos e chamou seus inimigos, que o prenderam e vasaram os seus olhos deixando-o cego. Sansão quebrou o pacto que tinha com Deus de nunca passar navalha em sua cabeça, ele desobedeceu e acabou preso, cego e escravizado; a desobediência faz isso com o homem o aprisiona ao pecado, o deixa cego espiritualmente e a pessoa se torna escrava do pecado e do diabo. 
 Sansão foi levado para girar um grande moinho, que era girado pelos bois, enquanto ele estava girando aquele moinho, ele teve a oportunidade de rever seus conceitos, de avaliar sua vida e tudo o que fez de errado e, com certeza pediu perdão a Deus e seus cabelos voltaram a crescer, simbolizando a restauração da sua comunhão com Deus, ele continuou cego fisicamente, mas, a sua visão espiritual foi restaurada. Sansão pediu a Deus que lhe restaurasse a sua força para que pudesse dar cabo de seus inimigos e Deus concedeu o seu pedido, e Sansão matou mais inimigos em sua morte do que em vida.   
  A história de Sansão poderia ter sido diferente se ele tivesse feito boas escolhas, se tivesse obedecido, ele sofreu a consequência do pecado e acabou morrendo junto com seus inimigos. Devemos tomar cuidado com nossas escolhas, nunca quebre a aliança, o pacto, ou seja, a união que você tem com Deus, não desobedeça suas leis, só temos a ganhar com isso.
 Queridoª, se você se encontra desanimado, cansado, sem forças, desencorajado e já perdeu o gosto pela vida a ponto de não querer viver mais, busque em Deus Pai, Filho e Espírito Santo  a cura para sua alma e corpo, pois Ele é o único que pode te curar e restaurar a força , o ânimo... a coragem que você precisa.
  
    Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Santo Espírito de Deus.
Em:06/03/2015.
Título e Tópicos extraídos da Bíblia da Pregadora.
Desenvolvimento; Sandra Moura.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Questiona ou Adora - Canção de Flor de Liz

 Estava ouvindo esta canção, e pensei: Quando oramos a Deus pedindo-lhe  algo poderemos "ouvir" três respostas: 1ª Sim, 2ª Não e 3ª Espere. Quase sempre ouvimos o Sim de Deus, outras vezes o Espere e algumas vezes o Não, e quando recebemos o não, o que fazer, questionar ou adorar?
 Temos que pensar nisso, pois terá vezes que receberemos o não de Deus, pois a sua vontade é soberana, ou seja, ela está acima da nossa vontade. Então, lembrei-me de Jó, quando recebeu a notícia da perca de todos os seus bens e da morte de seus dez filhos de uma só vez, ele disse: " Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei pra lá. O Senhor o deu, o Senhor o tomou. Bendito seja o nome do Senhor!(Jó 1:21)
  Jó ao invés de questionar adorou ao Senhor; devemos seguir seu exemplo pois Deus Pai, Filho e Espírito Santo é digno de ser louvado e adorado em todos os momentos de nossa vida, sejam eles bons ou ruins, pois ele sabe de todas as coisas e o que é melhor para nós.
 Tenha certeza de uma coisa: A vontade de Deus para nossa vida é 'boa, agradável e perfeita' (Rm 12:2). E, que 'todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus; daqueles que são chamados segundo o seu propósito'(Rm 8:28).


  Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!

Segue a baixo o vídeo de Flor de Liz: Questiona ou Adora. 

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Exortações do Senhor


Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o Senhor e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo- Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito.(Gênesis 17.1)

Introdução.
 Para termos vitória e sermos abençoados, precisamos atender e obedecer as exortações do Senhor.

 Na palavra de Deus vemos várias exortações do nosso Deus Pai e do nosso Senhor Jesus para que sejamos abençoados e vitoriosos. Nessas exortações contém condições para que o homem receba a vitória e as bênçãos de Deus. Há a parte do homem e a parte de Deus; a parte do homem é atender e obedecer e a parte de Deus é abençoar, salvar... e dar vitória.
  Jesus diz: "Venha a Mim!"
 Em Mateus  11.28, o Senhor Jesus diz para aqueles que estão cansados, sobrecarregados e oprimidos: "Vinde a Mim todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei." Muitas pessoas estão cansadas e sobrecarregadas pelos problemas e sofrimentos da vida, mas, ao ouvirem o chamado do Senhor Jesus não O atendem; Jesus está chamando, oferecendo uma saída, alívio para suas dores e sobrecargas, mas, mesmo assim essas pessoas insistem em não atendê-lo. Qual será a consequência disso? Simplesmente essas pessoas continuarão no sofrimento, sobrecarregadas... e oprimidas até não aguentarem mais porque não querem atender o chamado do Senhor.
   Jesus diz: "Aprenda de Mim!"
 Em Mateus 11.29, Jesus diz:"...aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para vossas almas." Jesus é o maior exemplo a ser seguido, exemplo de caráter, de obediência, de humildade, de santidade, de amor, de misericórdia, de perdão... enfim, são muitos os adjetivos do Senhor Jesus; se queremos ser abençoados e vitoriosos temos que imitá-lo e seguir seus ensinos só assim conseguiremos o descanso, ou seja, a paz, a tranquilidade espiritual que precisamos.
   Jesus diz: "Permaneça em Mim!"
Em João 15.4-7, Jesus diz:  "Permanecei em mim e eu permanecerei em vós...Se alguém não permanecer em mim será lançado fora...Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito". Vejam essas condições, para que o Senhor permaneça  em nós temos que permanecer nele, pois sem ele não conseguimos produzir frutos, ou seja, boas ações, boas obras; Jesus disse: "Eu Sou a videira o vós os ramos. Se alguém permanece em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; sem mim nada podeis fazer". E aquele que não permanecer no Senhor será lançado fora, assim como os ramos secos que estão fora da videira para serem queimados no fogo; no Dia do Juízo todos os que estiverem longe do Senhor Jesus, que não permaneceram firmes e fieis a ele até o fim, serão lançados fora de sua presença para o lago de fogo(morte eterna). Precisamos permanecer firmes na fé no Senhor para abençoados, vitoriosos e salvos.
  Jesus diz: "Siga a Mim!"
Jesus disse para Pedro: "Segue-me!" Seguir a Jesus significa, seguir seus ensinos, seus caminhos, seus exemplos... A palavra de Deus diz que há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele é morte. Jesus é o caminho de vida para o homem, ele nos guia por caminhos planos, seguros com Ele você não "tropeça" e não "cai", ou seja, nenhum obstáculo te machucará, você não estará a mercê do perigo em sua caminhada; pois Jesus te conduz em segurança. Muitas pessoas estão se dando mal no caminho que estão andando, estão chegando em lugares e morte e destruição para suas vidas, porque não querem obedecer, atender ao Senhor e andar em seus caminhos.
    O nosso Deus Pai diz: "Ande na Minha Presença!"
 Isto é, não se afaste de Mim, não fique longe de Mim. Quando Deus apareceu para Abrão, o Senhor Deus disse para ele:"...anda na minha presença, e sê perfeito"(Gn17.1). Para que Abraão fosse abençoado e vitorioso como Deus lhe prometera, ele tinha que andar em Sua presença e ser perfeito, ou seja, ele jamais poderia se afastar de Deus, ser inocente, isto é, justo, sem nada que desabonasse sua pessoa e conduta; ele teria que ser irrepreensível. E Abraão, outrora Abrão atendeu, obedeceu a exortação do Senhor e foi abençoado extraordinariamente.
 Muitas pessoas querem o extraordinário de Deus em suas vidas, mas, não querem andar na presença do Senhor, junto com Ele em seus caminhos e preceitos; dessa forma não serão abençoadas e vitoriosas; não desfrutarão da presença eterna de Deus(salvação eterna).
   O Senhor Jesus diz: "Lembre pra Mim!"
Em Lucas 22.19, Jesus está instituindo a Santa Ceia em Sua memória. Na caminhada do cristão há muitas alegrias e felicidade, mas, também há muitas aflições e perseguições; e muitas das vezes o cristão se sente desanimado, injustiçado... mas, nessa hora temos que lembrar do sofrimento que Jesus passou por nós para que tenhamos a vida eterna, de que Ele sofreu muito mais por nós. Quando lembramos do Senhor Jesus e de tudo que ele passou as nossas forças são redobradas para seguir a nossa caminhada rumo a vitória e a salvação eterna; e quando chegar o Grande Dia do Senhor veremos que valeu a pena todo sofrimento e perseguição.
   O nosso Deus  diz:" Olhe para Mim!"
 Em Hebreus 12.2, diz: "Olhando firmemente para Jesus o autor e consumador da nossa fé". A palavra de Deus diz também: "Olhai para Mim e sereis salvos!" No momento de adversidade o segredo é olhar pra Jesus o criador da nossa fé, aquele que irá consumar, ou seja, fazer na sua vida aquilo que você espera. Quando deixamos de olhar para Jesus, começamos a olhar somente para as circunstâncias ao nosso redor, ou seja, para nossos problemas, aí, começamos a duvidar e a ser "submergidos" pelos nossos problemas, como aconteceu com o discípulo Pedro, enquanto ele estava olhando para Jesus o impossível estava acontecendo, ele estava andando sobre as águas, mas, quando ele deixou de olhar para o Senhor, ele começou a olhar para as ondas e começou a afundar porque a dúvida entrou em seu coração.
 Muitas pessoas estão "afundando",  sendo  "sufocadas", isto é, vencidas pelos seus problemas, porque deixaram de olhar ou não estão olhando para Jesus. É preciso olhar para Jesus para ser abençoado e vitorioso. Vimos nessa mensagem várias exortações do nosso Deus, várias condições para sermos abençoados e vitoriosos, faça a sua parte, atenda e obedeça ao Senhor e Ele fará a parte dele te abençoando extraordinariamente.

 Que Deus te abençoe extraordinariamente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Santo Espírito de Deus.
Em:09/02/2015.
Tópicos extraídos da Bíblia da Pregadora.
Desenvolvimento: Sandra Moura.