quarta-feira, 3 de junho de 2015

A Terapia de Deus


E o cabelo de sua cabeça, logo após ser rapado, começou a crescer de novo.
Sansão clamou ao Senhor e disse: Senhor Deus, peço-te que te lembres de mim, e dá-me força só esta vez, ó Deus, para que me vingue dos filisteus, ao menos por um dos meus olhos. (Juízes 16.22,28)

Int.
 As adversidades e as perseguições as vezes nos deixam desanimados, desencorajados e deixa a nossa alma enferma. Mas, Deus tem e É o remédio para nossa cura. 

 Ao ler a história de alguns personagens da Bíblia, pude observar que alguns deles passaram por desânimo, desencorajamento e alguns deles passaram por enfermidades da alma a ponto de não quererem viver mais. Mas, Deus sempre se manifestava trazendo o ânimo, a coragem... e a cura.
 Um desses personagens foi o profeta Elias. Ele era tremendamente usado por Deus, cheio de fé, de autoridade, de ousadia e do poder de Deus. Elias era um profeta tão cheio do poder de Deus que quando ele falava, acontecia, quando seus inimigos vinham para lhe fazer mal, ele dizia: " Se sou homem de Deus caia fogo do céu e consuma a todos vocês;" e o fogo caía e consumia os seus inimigos. Elias tinha acabado de vencer os quatrocentos e cinquenta profetas de Baal, quando Jezabel ameaçou de mata-lo, Elias fugiu e foi para o deserto a fim  de pedir para si a morte, dizendo: "Já basta  ó Senhor, toma a minha vida pois não sou melhor que meus pais"(I Reis 19:4).
 Elias não estava sem fé, mas, como todo ser humano, ele chegou no seu limite. As vezes são tantas as lutas, que quando você pensa que vai haver bonança, ou seja, que vai descansar, vem uma "onda" atrás da outra te dando "pancadas", te "derrubando" aí vem outra te "bate" novamente e te "derruba" de novo, é  assim que são as lutas da vida, são como o mar bravio com suas ondas gigantescas sobre nossas vidas. São tantas as "pancadas", ou seja, os sofrimentos que chega um momento em que você não aguenta mais; esses momentos são aqueles em que você diz: " Não aguento mais Senhor!" Elias chegou nesse ponto, mas, Deus enviou o seu anjo com pão e água, ou seja, com elementos para sua cura, para o seu fortalecimento espiritual e físico. O pão simboliza o Senhor Jesus o pão vivo que desceu do céu e a água a Sua palavra, o Seu Espírito; Elias se alimentou e foi curado, e suas forças foram restauradas.
 Se você está assim como Elias, busque em Jesus Cristo a sua cura, busque em sua palavra e no Espírito Santo a força, o ânimo, a coragem que você precisa que Ele te curará e restaurará suas forças.
 Um outro personagem foi o povo de Israel. Este povo estava cativo por quatrocentos e trinta anos no Egito, sendo severamente castigados, subjugados e estavam grandemente aflitos e angustiados quando clamaram ao Senhor, Ele os ouviu e enviou um libertador, e os libertou da escravidão restaurando assim a alegria, a paz e a liberdade com isso suas almas foram curadas de toda angústia.
 Um  outro personagem foi Josué. Homem de Deus, cheio de fé, do poder de Deus, sempre vencia as batalhas com a ajuda de Deus. Certo dia, saíram para a batalha certos que venceriam, como sempre, mas, perderam a batalha, muitos de seus guerreiros foram mortos e Josué ficou desolado, se prostrou perguntando a Deus o porque daquilo tudo, e Deus lhe disse que a derrota foi por causa da desobediência de um de seus guerreiros e, que ele deveria tirar do meio do arraial a coisa condenada. Muitas das vezes as desventuras, os sofrimentos e as derrotas em nossas vidas é nossa própria culpa e a cura... a solução virá quando arrancarmos de nossa vida o que é condenado por Deus. Se nada está dando certo é  o momento  de nos prostrarmos diante de Deus suplicando sua misericórdia e perdão, e fazer a nossa parte tirando de nossa vida tudo que é errado; foi isso que Josué fez, ele baniu do meio do arraial a coisa condenada.
  Um outro personagem foi Sansão. Ele foi escolhido por Deus desde o ventre de sua mãe para ser juiz e libertador de Israel, Sansão não podia beber bebida forte, nada que viesse da videira, vinho, não podia cortar seus cabelos... e pela lei não podia casar-se com mulheres de outros povos. Sansão era cheio do poder de Deus era um homem extremamente forte; certo dia ele se apaixonou por uma prostituta chamada Dalila e revelou o segredo que não era pra ser revelado, de onde procedia a sua força, ele contou que a sua força estava em seus cabelos e que à perderia se fossem cortados.
 Dalila esperou que ele adormecesse, cortou os seus cabelos e chamou seus inimigos, que o prenderam e vasaram os seus olhos deixando-o cego. Sansão quebrou o pacto que tinha com Deus de nunca passar navalha em sua cabeça, ele desobedeceu e acabou preso, cego e escravizado; a desobediência faz isso com o homem o aprisiona ao pecado, o deixa cego espiritualmente e a pessoa se torna escrava do pecado e do diabo. 
 Sansão foi levado para girar um grande moinho, que era girado pelos bois, enquanto ele estava girando aquele moinho, ele teve a oportunidade de rever seus conceitos, de avaliar sua vida e tudo o que fez de errado e, com certeza pediu perdão a Deus e seus cabelos voltaram a crescer, simbolizando a restauração da sua comunhão com Deus, ele continuou cego fisicamente, mas, a sua visão espiritual foi restaurada. Sansão pediu a Deus que lhe restaurasse a sua força para que pudesse dar cabo de seus inimigos e Deus concedeu o seu pedido, e Sansão matou mais inimigos em sua morte do que em vida.   
  A história de Sansão poderia ter sido diferente se ele tivesse feito boas escolhas, se tivesse obedecido, ele sofreu a consequência do pecado e acabou morrendo junto com seus inimigos. Devemos tomar cuidado com nossas escolhas, nunca quebre a aliança, o pacto, ou seja, a união que você tem com Deus, não desobedeça suas leis, só temos a ganhar com isso.
 Queridoª, se você se encontra desanimado, cansado, sem forças, desencorajado e já perdeu o gosto pela vida a ponto de não querer viver mais, busque em Deus Pai, Filho e Espírito Santo  a cura para sua alma e corpo, pois Ele é o único que pode te curar e restaurar a força , o ânimo... a coragem que você precisa.
  
    Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Santo Espírito de Deus.
Em:06/03/2015.
Título e Tópicos extraídos da Bíblia da Pregadora.
Desenvolvimento; Sandra Moura.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Questiona ou Adora - Canção de Flor de Liz

 Estava ouvindo esta canção, e pensei: Quando oramos a Deus pedindo-lhe  algo poderemos "ouvir" três respostas: 1ª Sim, 2ª Não e 3ª Espere. Quase sempre ouvimos o Sim de Deus, outras vezes o Espere e algumas vezes o Não, e quando recebemos o não, o que fazer, questionar ou adorar?
 Temos que pensar nisso, pois terá vezes que receberemos o não de Deus, pois a sua vontade é soberana, ou seja, ela está acima da nossa vontade. Então, lembrei-me de Jó, quando recebeu a notícia da perca de todos os seus bens e da morte de seus dez filhos de uma só vez, ele disse: " Nu saí do ventre de minha mãe e nu tornarei pra lá. O Senhor o deu, o Senhor o tomou. Bendito seja o nome do Senhor!(Jó 1:21)
  Jó ao invés de questionar adorou ao Senhor; devemos seguir seu exemplo pois Deus Pai, Filho e Espírito Santo é digno de ser louvado e adorado em todos os momentos de nossa vida, sejam eles bons ou ruins, pois ele sabe de todas as coisas e o que é melhor para nós.
 Tenha certeza de uma coisa: A vontade de Deus para nossa vida é 'boa, agradável e perfeita' (Rm 12:2). E, que 'todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus; daqueles que são chamados segundo o seu propósito'(Rm 8:28).


  Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!

Segue a baixo o vídeo de Flor de Liz: Questiona ou Adora. 

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Exortações do Senhor


Quando atingiu Abrão a idade de noventa e nove anos, apareceu-lhe o Senhor e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo- Poderoso; anda na minha presença e sê perfeito.(Gênesis 17.1)

Introdução.
 Para termos vitória e sermos abençoados, precisamos atender e obedecer as exortações do Senhor.

 Na palavra de Deus vemos várias exortações do nosso Deus Pai e do nosso Senhor Jesus para que sejamos abençoados e vitoriosos. Nessas exortações contém condições para que o homem receba a vitória e as bênçãos de Deus. Há a parte do homem e a parte de Deus; a parte do homem é atender e obedecer e a parte de Deus é abençoar, salvar... e dar vitória.
  Jesus diz: "Venha a Mim!"
 Em Mateus  11.28, o Senhor Jesus diz para aqueles que estão cansados, sobrecarregados e oprimidos: "Vinde a Mim todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei." Muitas pessoas estão cansadas e sobrecarregadas pelos problemas e sofrimentos da vida, mas, ao ouvirem o chamado do Senhor Jesus não O atendem; Jesus está chamando, oferecendo uma saída, alívio para suas dores e sobrecargas, mas, mesmo assim essas pessoas insistem em não atendê-lo. Qual será a consequência disso? Simplesmente essas pessoas continuarão no sofrimento, sobrecarregadas... e oprimidas até não aguentarem mais porque não querem atender o chamado do Senhor.
   Jesus diz: "Aprenda de Mim!"
 Em Mateus 11.29, Jesus diz:"...aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e encontrareis descanso para vossas almas." Jesus é o maior exemplo a ser seguido, exemplo de caráter, de obediência, de humildade, de santidade, de amor, de misericórdia, de perdão... enfim, são muitos os adjetivos do Senhor Jesus; se queremos ser abençoados e vitoriosos temos que imitá-lo e seguir seus ensinos só assim conseguiremos o descanso, ou seja, a paz, a tranquilidade espiritual que precisamos.
   Jesus diz: "Permaneça em Mim!"
Em João 15.4-7, Jesus diz:  "Permanecei em mim e eu permanecerei em vós...Se alguém não permanecer em mim será lançado fora...Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito". Vejam essas condições, para que o Senhor permaneça  em nós temos que permanecer nele, pois sem ele não conseguimos produzir frutos, ou seja, boas ações, boas obras; Jesus disse: "Eu Sou a videira o vós os ramos. Se alguém permanece em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; sem mim nada podeis fazer". E aquele que não permanecer no Senhor será lançado fora, assim como os ramos secos que estão fora da videira para serem queimados no fogo; no Dia do Juízo todos os que estiverem longe do Senhor Jesus, que não permaneceram firmes e fieis a ele até o fim, serão lançados fora de sua presença para o lago de fogo(morte eterna). Precisamos permanecer firmes na fé no Senhor para abençoados, vitoriosos e salvos.
  Jesus diz: "Siga a Mim!"
Jesus disse para Pedro: "Segue-me!" Seguir a Jesus significa, seguir seus ensinos, seus caminhos, seus exemplos... A palavra de Deus diz que há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele é morte. Jesus é o caminho de vida para o homem, ele nos guia por caminhos planos, seguros com Ele você não "tropeça" e não "cai", ou seja, nenhum obstáculo te machucará, você não estará a mercê do perigo em sua caminhada; pois Jesus te conduz em segurança. Muitas pessoas estão se dando mal no caminho que estão andando, estão chegando em lugares e morte e destruição para suas vidas, porque não querem obedecer, atender ao Senhor e andar em seus caminhos.
    O nosso Deus Pai diz: "Ande na Minha Presença!"
 Isto é, não se afaste de Mim, não fique longe de Mim. Quando Deus apareceu para Abrão, o Senhor Deus disse para ele:"...anda na minha presença, e sê perfeito"(Gn17.1). Para que Abraão fosse abençoado e vitorioso como Deus lhe prometera, ele tinha que andar em Sua presença e ser perfeito, ou seja, ele jamais poderia se afastar de Deus, ser inocente, isto é, justo, sem nada que desabonasse sua pessoa e conduta; ele teria que ser irrepreensível. E Abraão, outrora Abrão atendeu, obedeceu a exortação do Senhor e foi abençoado extraordinariamente.
 Muitas pessoas querem o extraordinário de Deus em suas vidas, mas, não querem andar na presença do Senhor, junto com Ele em seus caminhos e preceitos; dessa forma não serão abençoadas e vitoriosas; não desfrutarão da presença eterna de Deus(salvação eterna).
   O Senhor Jesus diz: "Lembre pra Mim!"
Em Lucas 22.19, Jesus está instituindo a Santa Ceia em Sua memória. Na caminhada do cristão há muitas alegrias e felicidade, mas, também há muitas aflições e perseguições; e muitas das vezes o cristão se sente desanimado, injustiçado... mas, nessa hora temos que lembrar do sofrimento que Jesus passou por nós para que tenhamos a vida eterna, de que Ele sofreu muito mais por nós. Quando lembramos do Senhor Jesus e de tudo que ele passou as nossas forças são redobradas para seguir a nossa caminhada rumo a vitória e a salvação eterna; e quando chegar o Grande Dia do Senhor veremos que valeu a pena todo sofrimento e perseguição.
   O nosso Deus  diz:" Olhe para Mim!"
 Em Hebreus 12.2, diz: "Olhando firmemente para Jesus o autor e consumador da nossa fé". A palavra de Deus diz também: "Olhai para Mim e sereis salvos!" No momento de adversidade o segredo é olhar pra Jesus o criador da nossa fé, aquele que irá consumar, ou seja, fazer na sua vida aquilo que você espera. Quando deixamos de olhar para Jesus, começamos a olhar somente para as circunstâncias ao nosso redor, ou seja, para nossos problemas, aí, começamos a duvidar e a ser "submergidos" pelos nossos problemas, como aconteceu com o discípulo Pedro, enquanto ele estava olhando para Jesus o impossível estava acontecendo, ele estava andando sobre as águas, mas, quando ele deixou de olhar para o Senhor, ele começou a olhar para as ondas e começou a afundar porque a dúvida entrou em seu coração.
 Muitas pessoas estão "afundando",  sendo  "sufocadas", isto é, vencidas pelos seus problemas, porque deixaram de olhar ou não estão olhando para Jesus. É preciso olhar para Jesus para ser abençoado e vitorioso. Vimos nessa mensagem várias exortações do nosso Deus, várias condições para sermos abençoados e vitoriosos, faça a sua parte, atenda e obedeça ao Senhor e Ele fará a parte dele te abençoando extraordinariamente.

 Que Deus te abençoe extraordinariamente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Santo Espírito de Deus.
Em:09/02/2015.
Tópicos extraídos da Bíblia da Pregadora.
Desenvolvimento: Sandra Moura. 
 
  

A Atitude de Deus Ante a Reincidência Pecaminosa e a Ingratidão no Velho Testamento



 Antes de tudo quero dizer que o caráter e os princípios de Deus são imutáveis.

 Estava meditando hoje a palavra de Deus e li algo que me impressionou, a respeito da atitude de Deus ao povo de Israel. A passagem está em Juízes 10. 6-16, que diz: "Tornaram os filhos de Israel a fazer o que era mal perante o Senhor e serviram aos baalins, e a Astarote, e aos deuses da Síria...; deixaram o Senhor e não o serviram.
 
Acendeu-se a ira do Senhor contra Israel, e entregou-os nas mãos dos filhisteus e nas mãos dos filhos de Amom., os quais, nesse mesmo ano, vexaram e oprimiram o povo de Israel por dezoito anos...
  Então os filhos de Israel clamaram ao Senhor, dizendo: Contra ti havemos pecado, porque deixamos o nosso Deus e servimos aos baalins.
  "Porém o Senhor disse aos filhos de Israel: Quando os egípcios, e o amorreus, e os filhos de Amom, e os filhisteus... vos oprimiam, e vós clamáveis a mim, não vos livrei eu das suas mãos?
  Contudo, vós me deixastes a mim e servistes a outros deuses, pelo que não vos livrarei mais.
  Ide e clamai aos deuses que escolhestes; eles que vos livrem no tempo do vosso aperto".
  Ao ler esta resposta de Deus ao povo de Israel, pude perceber que até Deus se cansa de tanta reincidência em pecar e de ingratidão. Há pessoas que sabem que estão pecando, que estão desagradando a Deus, mas continuam fazendo a mesma coisa, quando se dão mal choram, se arrependem... Deus perdoa... e logo depois tornam a fazer a mesma coisa, algumas chegam a dizer: Deus é amor!
  Verdadeiramente Deus é amor e a sua misericórdia dura para sempre. Mas, a palavra de Deus também diz que Ele também é fogo consumidor; e isso, não mudou e não muda.
  Continuando o texto sagrado: ante a resposta de Deus o povo de Israel disse ao Senhor: "Temos pecado; faze-nos tudo quanto te perecer bem; porém, livra-nos ainda esta vez, te rogamos.
  E tiraram os deuses alheios do meio de si e serviram ao Senhor; então, já não pôde Ele reter a sua compaixão por causa da desgraça de Israel."
  Ao meditar a atitude do povo de Israel diante do Senhor pude ver que Deus não rejeita a um coração verdadeiramente arrependido; um coração verdadeiramente arrependido se humilha diante de Deus e deixa o seu pecado, a palavra de Deus diz que aquele que confessa o seu pecado e o deixa, alcança misericórdia. E foi o que o povo de Israel fez, se humilhou, mesmo ante a recusa do Senhor, e tirou de suas vidas e de suas casas o que desagradava à Deus e Deus não pôde se conter, os perdoou e os livrou.
  Diante desse texto e dos acontecimentos nele narrados, posso dizer que Deus não muda; a sua misericórdia dura para sempre, a um coração quebrantado e contrito o Senhor não despreza, Ele é amor... Todavia não podemos esquecer que Ele é Fogo Consumidor, ou seja, ele é Justiça, e o seu caráter e princípios são imutáveis.
  Tomemos o cuidado para não abusar do amor e da misericórdia de Deus a ponto dele se cansar das nossas atitudes como aconteceu com o povo de Israel. A palavra de Deus diz que de Deus não se zomba, tudo que o homem plantar(atitude), ele colherá(consequência).



Que Deus abençoe a todos em nome de Jesus!


Por: Sandra  Moura


 

terça-feira, 28 de abril de 2015

Aos Meus Leitores


Ofereço essas flores aos meus preciosos leitores, agradeço a Deus e a vocês pelas mais de trezentas mil visualizações desde que aderi ao Blog até agora. Isso não seria possível se não fosse Deus e vocês. Obrigada por prestigiarem e acreditarem em meu ministério. Espero que tenha sido útil e servido de ponte, de exortação, edificação e consolação a todos vocês.
 Continuaremos juntos até quando Deus quiser! Que Deus os abençoe extraordináriamente em nome de Jesus!

Sandra Moura. 

segunda-feira, 13 de abril de 2015

A Parábola da Viúva Persistente

 

"Então Jesus contou aos seus discípulos uma parábola, para mostrar-lhes que eles deviam orar sempre sem nunca desanimar.
  Ele disse: Em certa cidade havia um juiz que não temia a Deus nem se importava com os homens. E havia naquela cidade uma viúva que se dirigia  constantemente a ele, suplicando-lhe: Faze-me justiça contra meu adversário.
  Por algum tempo ele se recusou, mas finalmente disse a si mesmo: Embora eu não tema a Deus e nem me importe com os homens, esta viúva está me aborrecendo; vou fazer-lhe justiça para que ela não venha mais me importunar.
  E o Senhor continuou: Ouçam o que diz o juiz injusto. Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar? Eu lhes digo: Ele lhes fará justiça e depressa. Contudo, quando o Filho do homem vier, encontrará fé na terra?"

  Extraído da Bíblia do Livro de Lucas - 18 versículo 1 ao 8.

"Orem continuamente."      (1 Tessalonicenses 5.17)
 "Se podes?, disse Jesus: Tudo é possível ao que crê."
(Marcos 9.23)

(Extraído)

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Situações Difíceis na Vida do Crente


Tendo-se levantado muito cedo o moço do homem de Deus e saído,  eis que tropas, cavalos e carros haviam cercado a cidade; então, o seu moço lhe disse: Ai! Meu senhor!  Que faremos?
Ele respondeu: Não temas! Porque mais são os que estão conosco do que os que estão com eles.
( 2 Reis 6. 15,16)

Introdução.
Os cristãos estão como ovelhas em meio de lobos e são perseguidos constantemente. Mas, Deus os garante vitória.

 Os cristãos estão em perigo como ovelhas em meio de lobos. Jesus Cristo enviou setenta homens para irem adiante de si às cidades que iria passar afim de anunciarem seus ensinos e sua chegada. Todavia, Jesus disse para eles que não seria fácil a caminhada, eles encontrariam inimigos ferrenhos pelo caminho e, Jesus comparou esses inimigos como lobos devoradores, eles seriam como ovelhas em meio de lobos (Lc 10.3).
  Os cristãos são perseguidos como por um leão que ruge. A palavra de Deus compara a perseguição do cristão como que por um leão que ruge a caça de sua presa, ela diz: " Sede sóbrios, vigiai. O vosso adversário, o diabo, anda em derredor, rugindo como um leão, buscando a quem possa tragar".   Ao nosso redor está os anjos do Senhor nos protegendo, mas, ao nosso derredor está o diabo rondando, espreitando, só esperando o cristão dar uma brecha para que ele possa entrar, fazer desgraça na vida do cristão e destruí-lo; por isso é que  a palavra de Deus nos manda estar atentos, vigilantes (I Pedro 5.8).
  Os cristãos estão cercador por "cobras" e "escorpiões". Quando os setenta voltaram, vieram com alegria pois até os demônios lhes submetiam, eles expulsaram os demônios, e estes, os obedeceram. Jesus comparou esses demônios como cobras e escorpiões, extremamente perigosos, porém, com a autoridade concedida pelo Senhor Jesus eles podiam pisar essas "cobras" e "escorpiões" e toda força do diabo (Lucas 10.19).
 Os cristãos estão envolvidos por "cardos" e "espinhos". Cardos e espinhos, são vegetações secas e espinhosas muito comum em regiões secas ou áridas; ao andar no meio desse tipo de vegetação é impossível não se ferir, por isso a palavra de Deus compara as adversidades da vida como cardos e espinhos, vejamos:" E tu, ó filho do homem, não os temas, nem temas as suas palavras. Ainda que hajam sarças(cardos) e espinhos para contigo, e tu habites com escorpiões, não temas as suas palavras, nem te assustes com os seus rostos, porque são casa rebelde". Ezequiel foi chamado por Deus para ser profeta aos filhos de Israel que se rebelaram contra Deus. Suas profecias seriam duras e, Deus disse que não seria fácil, que certamente sairia machucado pois ele estava cercado de inimigos comparados por Deus como cardos, espinhos e escorpiões. Mas, Deus disse para Ezequiel que a Sua mão estava sobre ele (Ez 2.6,14).
  Os cristãos moram em lugares perigosos. Em Apocalipse 2.13, o Senhor Jesus diz: " Sei onde habitas, que é  onde está o trono de Satanás. Contudo, reténs o meu nome, e não negaste a minha fé, mesmo nos dias de Antípas, minha fiel testemunha, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita." A igreja de Pérgamo habitava em meio a uma grande idolatria, Pérgamo era o centro da idolatria, lá havia adoração a vários deuses, havia imagens de idolatria por todos os lados. Mas, a igreja do Senhor permanecia fiel na sua fé em Deus mesmo diante de toda a perseguição.
 Antípas bispo da igreja de Pérgamo pregava contra a idolatria e por isso foi perseguido e morto, ele foi lançado dentro de uma fornalha que servia para os sacrifícios aos deuses, ele foi queimado vivo; todavia, Antipas foi fiel a sua fé  até o fim entregando sua alma em oração ao Senhor Jesus. No Brasil há muita idolatria, porém, há  liberdade religiosa, mas, há muitos países a onde os cristãos estão sendo mortos por causa de sua fé.
 Vivemos num mundo  a onde o maligno impera, há muita maldade, impureza, violência... mas devemos nos manter fiéis ao Senhor Jesus até o fim, pois na nossa fidelidade ganharemos nossas almas(salvação eterna).
  Os cristãos são cercados por exércitos celestiais. No texto base dessa mensagem lemos que Elizeu estava cercado por um grande exército de inimigos, a ponto de seu ajudante ficar apavorado, mas, ao redor deles estava um exército maior ainda, o exército do Senhor. Elizeu disse ao seu ajudante: " Não temas! Mais são os que estão conosco do que os que estão com eles". A palavra de Deus diz que o anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que o temem e os livra (Salmos 34.7).
 Os cristãos passam por muitas situações difíceis neste mundo, Jesus alertou aos seus discípulos que não seria fácil viver neste mundo, Ele disse: "No mundo tereis aflições, mas, tende bom ânimo, eu venci o mundo"(João 16.33). Há muitas oposições contra os cristãos neste mundo, pois não somos dele, se fossemos dele, ele nos amaria (palavras do Senhor Jesus); e os opositores usados por Satanás estarão sempre contra os cristãos, todavia, o Senhor promete estar conosco nos dando cobertura e garantindo nossa vitória.
 Devemos estar sempre firmes na nossa fé em Jesus e permanecermos fiéis a Ele até o fim, pois grande será a recompensa dos fiéis. A palavra de Deus diz: "Disse-lhe o seu senhor: Bem está, bom e fiel servo. Sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei. Entra no gozo do teu senhor". "Então dirá o Rei aos que estiverem a sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuir por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo..."(Mt 25.23,34).
  Estamos à caminho para uma nova terra, a onde não haverá mais dor,... nem tristezas, fiquemos firmes na nossa fé em Deus nosso Senhor Jesus Cristo, não perca a esperança pois fiel é Aquele(Deus) que fez a promessa.

   Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Santo Espírito de Deus.
Em:28/01/2015.
Tema e tópicos extraídos da Bíblia da Pregadora.
Desenvolvimento: Sandra Moura.

   
   
 

segunda-feira, 16 de março de 2015

Flordelis - De joelhos - Em fervente oração ( Canção)







Em fervente oração, vem o teu coração na presença de Deus derramar
Mas, só podes fluir o que estás a pedir
Quando tudo deixares no altar. (refrão)

Refrão.
Quando tudo perante o Senhor estiver
E todo o teu ser Ele controlar
Só, então, ás dever que o Senhor tem poder
Quando tudo deixares no altar...

 

domingo, 1 de março de 2015

Clama-Me na Angústia!


Por volta da hora nona, clamou Jesus em alta voz, dizendo: Eli, Eli, lamá  sabactâni? Que quer dizer: Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste? (Mt 27.46)
Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes. ( Jer 33.3)

Definição: Clamar ( no original- Hebraico) = gritar, bradar, chorar... Esta palavra é usada para expressar "aflição" ou "necessidade"...

Introdução.
No Evangelho de Mateus lemos sobre muitos gritos e clamores, como o grito.

 Costumo dizer que o clamor é mais forte(intensidade) do que a oração, pois a oração é a conversa com Deus, é o pedido à Deus. Mas, o clamor é o grito da alma, é a súplica da alma; há diferença entre pedir e suplicar, pois a súplica ou o clamor vai muito mais além do que um simples pedido.
  Quando uma pessoa suplica, clama ou grita é porque ela está no auge do desespero, aí, ela se humilha, chora e até se prostra diante daquele a quem ela implora por ajuda.
   No texto base dessa mensagem vimos o grito, o clamor de Jesus quando já perto de render seu espírito, naquele momento o Jesus Homem estava se sentindo só, desamparado por Deus. E, a angústia "bateu" em seu coração a ponto dele gritar: "Eli, Eli, lamá sabactâni? Que quer dizer: Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste?"
   No momento de grande angústia ou aflição a nossa alma grita pra Deus. Quantos de nós em algum momento da vida, em meio a grande aflição, não sentiu vontade de gritar pra Deus; essa vontade de gritar é o grito da sua alma. Jesus sentiu essa necessidade de gritar pra Deus, e ele o fez.
   Temos no livro de Mateus exemplos de pessoas que gritaram pra Jesus:
 Os dois cegos. Esses cegos não suportavam mais a vida de mendicância, de miséria, dependentes de outras pessoas e da piedade delas. Quando souberam que Jesus estava em sua cidade o seguiram gritando por ajuda e Jesus os atendeu e os curou (Mt 9.27).
   O grito dos temerosos(os discípulos). De madrugada  em meio à uma ventania e mar bravio, Jesus veio andando sobre as águas, os discípulos vendo aquela cena pensaram ser um fantasma e gritaram de medo, certamente pedindo socorro à Deus. Jesus, imediatamente lhes disse: Não temas! Sou eu!(Mt 14.26). Muitas das vezes ao sentirmos medo gritamos suplicando ajuda para Deus ou para alguém.
   Um outro exemplo foi o da mulher cananéia. Para os judeus ela não tinha direito as bênçãos de Deus, pois na concepção deles as bênçãos era para os filhos(no caso, só para os judeus), e aqueles que não eram judeus, eram considerados como cães imundos. E, essa mulher sabia disso, Jesus era judeu, mas, ela não quis saber o seu desespero era muito grande, a sua filha estava terrivelmente endemoniada e, ela foi até a Jesus gritando, suplicando por ajuda e pra sua felicidade, Jesus, não fazia acepção de pessoas, para ele todos eram iguais e o que vinha a ele jamais lançava fora; Jesus ouviu o grito daquela mulher e à atendeu libertando sua filha (Mt 15.22).
  Quando gritamos pra Deus suplicando a sua ajuda, ele nos ouve e nos atende. A palavra de Deus diz: "Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e ocultas que não sabes" (Jeremias 33.3).
   A palavra de Deus diz que Deus faz infinitamente mais tudo aquilo que pedimos ou pensamos. O nosso Deus nos promete responder o nosso clamor e, responder grandiosamente e nos dar além do que imaginamos. Portanto, se você se encontra desesperado, aflito, angustiado..., grite pra Deus, clame a ele que certamente irá te responder e te abençoar em nome de Jesus.

  Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!


Mensagem iluminada pelo Santo Espírito de Deus.
Em: 19/01/2015.
Título e Tópicos extraídos da Bíblia da Pregadora.
Desenvolvimento: Sandra Moura.