sexta-feira, 28 de maio de 2010

Atitudes para obter a reposta de Deus


...Perguntou-lhe Jesus: Que queres que eu te faça? O cego lhe respondeu: Mestre, eu quero ver.
Disse-lhe Jesus: Vai, a tua fé te salvou. Imediatamente ele tornou a ver, e seguia a Jesus pelo caminho. (Marcos.10.51,52)

Introdução.
Para obter a resposta de Deus é necessário ter fé, aproveitar bem a oportunidade que Deus nos dá, ser perseverante e saber o que quer.

Como obter a resposta de Deus? Abordaremos nesta mensagem pelo menos 6 passos a ser seguido para alcançar a resposta de Deus.
1º passo: Ter fé.
A Palavra de Deus diz que sem fé é impossível agradá-lo...(Hebreus 11.6) ; vejamos a atitude do cego Bartimeu: Esse homem com certeza conhecia a fama do Senhor Jesus pois ele ouviu falar de todos os seus milagres, que Jesus era o Messias esperado e que as pessoas eram curadas só em tocar em suas vestes, e Bartimeu creu em Jesus.
2º passo: Aproveitar bem a oportunidade.
Bartimeu foi sábio, ele ouviu dizer que Jesus iria passar pelo caminho a onde ele estava e, quando Jesus passou ele não perdeu tempo, ele aproveitou a oportunidade, a chance que ele teve para fazer alguma coisa por si mesmo.
3º passo: Clamar a Deus.
Bartimeu não perdeu tempo, ele tinha que chamar a atenção de Jesus e começou a clamar:" Jesus Filho de Davi, tenha misericórdia de mim." Imagine o desespero de Bartimeu por ser ouvido pelo Senhor, aquele homem clamou, gritou o mais alto que pôde, Jesus tinha que ouvi-lo!
Eu costumo dizer que um clamor é mais forte que uma simples oração, porque quando a pessoa clama é porque ela está desesperadamente nessecitada de uma resposta imediata, ou Jesus ouve e atende, ou está tudo perdido. E foi isso o que aconteceu com Bartimeu, ou Jesus o escutava, ou estava tudo perdido. "Quando Jesus passaria por lá novamente?" Talvez tenha sido esse o pensamento de Bartimeu.
4º passo: Não dar ouvidos às vozes negativas.
Muitas pessoas tentaram desestimular, tentaram parar Bartimeu, mas ele não deu ouvidos; e é isso que temos que fazer; talves muitas pessoas têm chegado até você, e têm dito como disseram para Bartimeu: Pare de clamar, pare de buscar essa situação não tem mais jeito! Tentando minar a sua fé e te fazer parar, mas, em nome de Jesus, não dê ouvidos a essa voz maligna e repreenda esse demônio.
5º passo: Perseverar na fé em Deus.
Bartimeu não desistiu, embora muitos o tenham tentado parar, ele insistiu e continuou clamando até ser ouvido por Jesus. Uma pessoa perseverante, é uma pessoa insistente, ela não desiste enquanto não consegue o que quer; não foi assim com aquela mulher da parábola do juiz iníquo? Aquela mulher venceu aquele juiz(que não queria julgar a sua causa) pelo cançasso, ela o importunou, insistiu tanto, que ele teve que julgar a sua causa, e ela conseguiu o que queria.
6º passo: Ser específico.
A Palavra de Deus diz que antes de abrirmos a nossa boca Ele já sabe o que vamos pedir. Mas, Deus quer que digamos o que queremos; Jesus perguntou para Bartimeu: " O que queres que eu te faça? " Porque Bartimeu poderia querer muitas coisas, ele vivia uma vida de mendicância e as suas necessidades eram muitas. Mas Bartimeu foi específico, ele respondeu: "Mestre, eu quero ver!" Se ele fosse curado de sua cegueira tudo iria mudar em sua vida, principalmente a sua condição de mendigo. E Jesus disse: " Vê, a tua fé te salvou! E Bartimeu foi curado de sua cegueira e passou a seguir a Jesus pelo caminho.
E é assim que temos que ser, ser específico; você tem que saber o que quer, porque talvez você tem pedido tantas coisas para Deus, e você nem sabe se é isto que você realmente quer, você tem dúvidas, você pensa: Será que fasso um curso técnico ou fasso uma faculdade? Será que me separo ou luto pelo meu casamento...? São muitos os seus questionamentos, você tem que saber o que quer e ser especifico; porque Jesus está te perguntando hoje: " O que queres que eu te faça?" Diga para Ele: Senhor eu quero isso; e lute, busque por isso e, dentro da vontade de Deus é claro! Se o que você pede é pra glória de Deus, não vai prejudicar a sua comunhão com Deus e não irá prejudicar o seu próximo, é certo que você receberá a resposta.
Porque, o próprio Jesus nos promete isso, Ele diz: "Se permanecerdes em mim e as minhas Palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes e será feito."(João.15.7)
Caro leitorª, se você quer a resposta de Deus, creia Nele, aproveite a oportunidade que Ele tem lhe dado e busque por Ele, sirva a Ele, Clame por Ele, não fique parado, lute! Não dê ouvidos à voz do diabo, ele é mentiroso e pai da mentira, a sua situação tem jeito sim, pois para Deus nada há impossível! Jesus disse: "Tudo é possível ao que crer!" Ele faz infinitamente mais tudo aquilo que pedimos ou pensamos.
Você não serve a um Deus morto, mas, a um Deus vivo e Todo Poderoso, Criador dos céus, da Terra, do Mar e tudo que nele há. Persevere na sua fé em Deus, não desista, seja específico e você será um vitorioso, uma vitoriosa em nome de Jesus.

Que Deus abençoe a todos abundantemente em nome de Jesus!



Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em:26/05/2010.
Autora: Sandra Moura.




quarta-feira, 19 de maio de 2010

O Ferreiro


Era uma vez um ferreiro que, após uma juventude cheia de excessos, resolveu entregar sua alma a Deus. Durante muitos anos trabalhou com afinidade, praticou a caridade, mas, apesar de toda sua dedicação, nada parecia dar certo em sua vida. Pelo contrário: seus problemas e dívidas acumulavam-se cada vez mais.
Uma bela tarde, um amigo que o visitara, e que se compadecia de sua situação difícil, comentou: "É realmente estranho que, justamente depois que você resolveu se tornar um homem temente a Deus, sua vida começou a piorar.
Eu não desejo enfraquecer sua fé, mas apesar de toda a sua crença no mundo espiritual, nada tem melhorado. O ferreiro não respondeu imediatamente, pois já havia pensado nisso muitas vezes sem entender o que acontecia em sua vida.
Entretanto, como não queria deixar o amigo sem resposta, começou a falar e terminou encontrando a explicação que procurava.
Eis o que disse o ferreiro: "Eu recebo nesta oficina o aço ainda não trabalhado e preciso transformá-lo em espadas. Você sabe como isto é feito? Primeiro eu aqueço a chapa de aço num calor infernal, até que fique vermelha, em seguida, sem qualquer piedade, eu pego o martelo mais pesado e aplico golpes até que a peça adquira a forma desejada. Logo, ela é mergulhada num balde de água fria e a oficina inteira se enche com o barulho do vapor, enquanto a peça estala por causa da súbita mudança de temperatura.
Tenho que repetir esse processo até conseguir a espada perfeita: uma vez apenas não é suficiente. Ás vezes, o aço que chega até minhas mãos não consegue aguentar esse tratamento. O calor, as marteladas e a água fria terminam por enchê-lo de rachaduras. E eu sei que jamais se transformará numa boa lâmina de espada. Então, eu simplesmente o coloco num monte de ferro velho que você viu na entrada de minha ferraria.
Sei que Deus está me colocando no fogo das aflições. Tenho aceitado as marteladas que a vida me dá, a as vezes sinto-me tão frio como a água que faz sofrer o aço. Mas, a única coisa que peço é: Meu Deus, não desista, até que eu consiga tomar a forma que o Senhor espera de mim.
Tente da maneira que achar melhor, pelo tempo que quiser, mas jamais me coloque no monte de ferro velho das almas.
(Autor desconhecido)

"Porque o Senhor corrige o que ama e açoita a qualquer que recebe por filho." (Hebreus 12.6)

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Amor que Sacrifica


Alguns anos atrás, li uma história que ficou gravada em minha mente: Uma senhora que vivia tentando, por muitos anos, ter um filho, viu seu sonho realizado ao receber dos braços de uma enfermeira um lindo bebê. Porém, se surpreendeu ao perceber que a criança havia nascido sem orelhas.
Preocupada, perguntou ao médico se o menino tinha audição perfeita. Um exame foi realizado e ficou constatado que o aparelho auditivo era normal. A mãe, conformada, levou o filho para casa. Seu amor não diminuiu pela criança, mas à medida que ele crescia, observava o tratamento que outras crianças lhe davam.
Frequentemente o menino voltava para casa chorando! Isso era como uma punhalada a ferir e magoar o coração daquela mãe, que consultou o médico para saber se algo poderia ser feito. O médico falou que se encontrassem alguém que doasse as orelhas, poderiam tentar um implante quando o rapaz chegasse aos 21 anos.
Os anos se passaram, e um dia os pais contaram ao filho que tinham encontrado alguém para doar as orelhas. Assim, a cirurgia foi realizada com grande êxito. Que alegria daquela mãe ao contemplar aquele jovem se olhando no espelho dizendo:
_ Veja mãe, agora sou como todos os outros rapazes. Quem me doou estas orelhas?
_ A, meu filho, agora não podemos lhe revelar, mas um dia irá saber.
Passaram-se os anos, e o jovem casou-se e teve filhos.
Certo dia, ocorreu uma das grandes tristezas deste mundo: havia perdido sua mãe. Na sala funerária, pai e filho olham pela última vez o corpo inerte daquela senhora tão bondosa. Depois que todos saíram, o pai chamou o filho para se despedir de sua mãe, e de repente, para a surpresa daquele filho, o pai puxa de lado os longos cabelos de sua esposa e o filho observa , pela primeira vez, que sua mãe não tinha mais orelhas.
Esta é a grande dimensão do amor de uma mãe, assim como foi também o amor de Cristo: Doação! Oferta! Sacrifício!
Feliz dia das Mães! Que Deus a abençoe!

" O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso, o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece, ..." (I Corintios 13.4)
" Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." (I Corintios 13.7)

(Extraído)