terça-feira, 20 de setembro de 2011

O Propósito da Oração

   
Deus, por seu incrível amor, deseja relacionar-se conosco. Ele quer que conversemos com ele, que lhe contemos aquilo com que nos importamos e que peçamos a ele o que desejamos.
Ele se satisfaz em responder nossas orações e transformar nossa situação. Ele nos ama, e seu amor transcende todos os limites.
Ele nos dá poder através da oração. Podemos mover montanhas quando nos submetemos ao Senhor. E.M Bounds (1835-1913) escreveu sobre os benefícios da oração para o indivíduo e para o mundo.

      Quanto mais oração  houver no mundo, melhor ele será. A oração, em uma de suas fases, é um "desinfetante" e um preventivo. Ela purifica o ar; destrói o contágio do mal. A oração não é algo irregular e de curta duração. Não é uma voz que clama no silêncio sem ser ouvida. É uma voz que chega aos ouvidos de Deus e perdura o tempo que os ouvidos dele estiverem abertos a um clamor santo; enquanto o coração de Deus estiver acessível as coisas santas.

Os cristãos mais memoráveis são aqueles que fizeram as melhores e mais  numerosas orações. São os heróis, os santos, os servos e os comandantes do exército de Deus. Uma pessoa é capaz de orar melhor por causa das orações que já fez; uma pessoa pode viver de uma maneira mais santa por causa das orações que já declarou; uma pessoa que faz muitas orações presta um serviço maior e mais verdadeiro à geração seguinte.

As orações dos santos de Deus fortalecem a geração que há de vir contra as ondas desoladoras do pecado e do mal. Ai da geração que não encher seu incensário com o rico perfume da oração, e cujos genitores tenham estado ocupados demais ou não tenham crido o suficiente para orar! Perigos inexprimíveis e conseqüências impensáveis serão sua triste herança. Bem-aventurados aqueles cujos os pais lhes deixaram um rico patrimônio de oração.
                                                                       E. M  Bounds


Supor que Deus e os seres humanos se comunicam... e que, por causa dessa troca, Deus faz algo que não havia planejado previamente, ou  que evita realizar algo que pretendia fazer, não vai contra a dignidade do Senhor, se for algo que ele próprio escolheu.
                                                                         Dallas Willard

(Extraído do livro: Água da Rocha.vol.1) 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário