quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

O propósito da vida: amar a Deus.


Ame ao Senhor, o seu Deus,de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças.
Deuteronômio 6.5

 Quando pensamos sobre o propósito da vida, geralmente meditamos sobre um plano específico criado apenas para nós. Contudo, Deus muitas vezes pensa em um propósito mais amplo para nossa existência nesta terra, que é  mais importante do que um plano específico. Bernard de Clairvaux (1090-1153) disse que nosso propósito é retornar ao amor de Deus. É simples assim, mas muito importante.

  Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo? (Salmos 116.12). A razão e a equidade me estimulam a entregar-me inteiramente em amor  ele _  a quem devo tudo o que tenho e sou. Entretanto, a fé me diz que devo amá-lo muito mais do que a mim mesmo, à medida que me dou conta de que ele não me deu apenas a vida, mas até a si próprio.
 No entanto, antes do tempo da plena revelação ter chegado, antes que o verbo houvesse se tornado carne, morrido na cruz, saído do túmulo e retornado ao Pai; antes que Deus tivesse nos mostrado o quanto nos ama por meio de toda essa plenitude de graça, ele nos deu uma ordenança: Ame ao Senhor, o seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todas as suas forças (Dt 6.5). Então, ame-o com todo o seu ser, com todo o seu conhecimento e com toda a sua capacidade...

                 Beranard of Clairvaux.

Nenhum comentário:

Postar um comentário