quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

As Marcas de Jesus


Ao cair da tarde daquele dia, o primeiro da semana, trancadas as portas da casa onde estavam os discípulos com medo dos judeus, veio Jesus, pôs-se no meio e disse-lhes: Paz seja convosco!
 E dizendo isto, lhes mostrou as mãos e o lado. Alegraram-se, portanto, os discípulos ao verem o Senhor.
 Ora, Tomé, um dos doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus.
 Disseram-lhe, então, os outros discípulos: Vimos o Senhor. Mas ele respondeu: Se eu não vir nas suas mãos o sinal dos cravos, e ali não puser o dedo, e não puser a mão no seu lado, de modo algum acreditarei. (João 20: 19,20, 24,25)


Introdução.
Para quem são as marcas de Jesus? Para os incrédulos, para aqueles que precisam ver para crer.

 Ao ler o texto base dessa mensagem, fiquei meditando o porque, foram preservadas as marcas dos ferimentos no corpo de Jesus. Lendo o texto, pude perceber, que as marcas de Cristo foram preservadas para os incrédulos, como prova, que de fato, era ele mesmo.
 Jesus conhecia e conhece o coração humano,  conhecia os seus discípulos e sabia que ainda havia incredulidade  em seus corações. A prova disso, quando Maria Madalena, a primeira a ver Jesus ressurreto, quando ela informou que Jesus havia ressuscitado eles não acreditaram.(Marcos 16.11)
E Jesus os repreendeu por não terem acreditado que ele já havia ressuscitado.(Marcos 16.14)
 Segundo a narrativa de João, Jesus aparece no meio dos discípulos e mostra-lhes as marcas dos seus ferimentos  e assim os discípulos se alegram ao verem o Senhor. Se não fosse por essas marcas eles não acreditariam, a prova disso está relatada em Lucas 24 : 36-39, onde relata que os discípulos pensaram estar vendo um espirito, e Jesus teve que mostrar-lhes suas marcas para que vissem que não se tratava de um espírito, que de fato era ele, dessa forma eles creram.
 Segundo o relato de João, Tomé, um dos discípulos, não estava presente quando Jesus apareceu no meio deles, quando estes o contaram, ele disse: "Se eu não vir os sinais dos cravos, e não puser ali o meu dedo, e não puser as mãos no seu lado, de maneira alguma acreditarei." Quando Jesus apareceu novamente Tomé estava presente, então Jesus lhe disse: Põe aqui o teu dedo; vê as minhas mãos. Chega-te  a tua mão, e põe-na no meu lado. Não sejas incrédulo, mas crente. E disse Tomé: Senhor meu e Deus meu! Então Jesus lhe disse: Porque me viste, crestes. Bem aventurados os que não viram e creram. Para esses é que foram preservadas as marcas de Jesus. Para os incrédulos.
 Cheguei a conclusão também, de que as marcas dos ferimentos do Senhor Jesus foram preservadas para os judeus. Pois estes não o receberam, não o aceitaram como o Messias, como o Filho de Deus.
Lá em João 1.11, diz: Veio para o que era seu, mas os seus não o receberam. Os judeus até hoje esperam o Messias; o Messias já veio, mas eles o rejeitaram.
 Quando Jesus vier pela segunda vez ele virá com poder e grande glória, e todos o verão, os judeus e todas as tribos(nações) da terra e se lamentarão sobre ele.(Apocalipse 1.7) Os que não acreditaram que aquele Jesus de Nazaré( filho de Maria e de José o carpinteiro), era o Messias tão esperado, o verão e se lamentarão sobre ele. Acredito que esse lamento será de arrependimento por não terem acreditado nele, por terem o rejeitado.
 Acredito que essa conclusão que cheguei, foi uma revelação e uma resposta  de Deus para minhas indagações. E Jesus deixa uma palavra para os incrédulos: Não sejais incrédulos, mas crentes.[pois]
Bem aventurados os que não viram, e creram.
 Se você ainda não acredita que Jesus é o Messias, o Filho de Deus e que ele virá para buscar os seus, eu oª aconselho a orar a Deus e pedir que arranque do seu coração a incredulidade e coloque a fé, pois você precisará dela para vencer e receber a salvação de sua alma.

 Que Deus te abençoe ricamente em nome de Jesus!

Mensagem iluminada pelo Santo Espírito.
Em:14/11/2013.
Autora: Sandra Moura.
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário