quarta-feira, 9 de janeiro de 2019

O Sangue de Cristo Nos dá Livre Acesso a Deus

E Jesus, clamando outra vez com grande voz, entregou o  espírito.
Eis que o véu do santuário se rasgou em duas partes de alto a baixo...( Mateus 27. 50, 51 a)
Respondeu-lhes Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao  Pai senão por mim.(João 14.6)

Introdução.
O sangue de Jesus nos dá livre acesso a Deus e nos trouxe intimidade com Ele. E, na intimidade com Deus há vitórias pra nossas vidas.

 Jesus em sua palavra se compara a uma porta, pois a porta nos dá acesso a um lugar, ou seja, por ela nós entramos e saímos. Com essa comparação Jesus está dizendo que através dele temos acesso a Deus Pai e a salvação de nossa alma; Ele disse: " Eu sou a porta, aquele que entrar por mim, salvar-se-á...(Mateus 1.9). 
 Jesus também se compara a um caminho para se chegar a Deus Pai, Ele diz: " Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida, e ninguém vai ao Pai a não ser por mim."(João 14.6). Aqui Jesus não diz que ele é um dos caminhos, Ele diz que é o caminho, ou seja, o ele é o único caminho e, que não existe outro caminho pelo qual chegamos na presença de Deus. Há um ditado popular que diz, que todo caminho leva a Deus, esse ditado não é verdadeiro; pois vimos através das palavras de Jesus que ele é o caminho e não há outro.
 O sangue derramado de Jesus, ou seja, o seu sacrifício na cruz, nos deu livre acesso ao Santo dos santos ou ao lugar Santíssimo, ou seja, ao Deus Pai. No Antigo Testamento, na época de Moisés, foi construído um Tabernáculo e bem mais tarde foi construído um templo por Salomão; ambos os lugares era para adoração a Deus, e neles havia um lugar chamado Santo dos santos, e esse lugar era separado por um véu dos demais cômodos.
 No Santo dos santos, havia a Arca da Aliança e dentro dela estava as tábuas da lei de Deus, a vara de Arão que floresceu e o maná. A arca representava a presença de Deus e, aonde a arca ia a presença de Deus era garantida e suas bençãos também.
 No Santo dos santos não podia entrar qualquer pessoa, só o sumo sacerdote, ou seja, o maioral dos sacerdotes, podia entrar ali e uma vez por ano oferecia sacrifícios pelos pecados do povo. O sumo- sacerdote tinha que se purificar de seus pecados antes de entrar no Santo dos santos para interceder pelo povo, do contrário, morreria ali dentro e, se uma pessoa não autorizada por Deus entrasse no Santo dos santos também morria.
 Diz os estudiosos que o sumo sacerdote entrava no Santo dos santos com uma corda, com guizos, amarrada na cintura, enquanto o povo ouvia o som dos guizos era porque o sumo sacerdote estava vivo, mas, se o som parasse era porque ele havia morrido, então eles puxavam o sumo sacerdote para fora dos Santo dos santos.
 Através do sacrifício de Jesus o véu do Santo dos santos foi rasgado de alto abaixo, indicando o fim  do impedimento de entrada no Santo dos santos por outras pessoas; quando Jesus consumou a sua missão, que foi entregar a sua vida em nosso lugar, acabou-se a separação e, a partir daquele momento, qualquer pessoa independentemente do pecado que cometeu podia chegar até ao Santo dos santos, que é o nosso Deus Pai, em nome de Jesus, pois nele temos livre acesso ao Pai(Efésios 2.18).
 Através do sangue de Jesus nos tornamos íntimos de Deus. Certa vez, Jesus disse para os discípulos:  "Quem vos recebe, recebe a mim, e quem me recebe, recebe ao Pai que me enviou." Por causa de Jesus e de seu amor recebemos o Espírito Santo e, através dele temos Deus Pai e Deus Filho dentro de nós, estamos ligados a Ele, somos íntimos Dele, pois o Pai e o Filho são um. E, através dessa intimidade somos abençoados e vitoriosos, pois Jesus disse que aquele, que permanece nele e em sua palavra, pode pedir o que quiser e será feito.(João 15.7)
 Através do sangue de Jesus nos tornamos filhos de Deus. Em João 1.12, diz: " Mas todos os que o receberem, aqueles que creem no seu nome. Deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus." A partir do momento em que cremos e recebemos a Jesus como nosso Salvador nos tornamos filhos de Deus; e, como seus filhos, somos cuidados por Ele, pois ele nos providencia tudo o que precisamos; como filhos temos direito a tudo o que ele tem; como filhos somos príncipes e princesas em seu Reino pois somos filhos do Rei.
 Deus como um Pai amoroso e generoso que é, de tudo o que pedimos a Ele, ele nos dará o melhor. Pois a sua palavra diz que ele faz infinitamente mais tudo o que pedimos ou pensamos. O Senhor Jesus diz; " Qual o pai que o filho lhe pedindo pão, lhe dará uma pedra ou pedindo peixe, lhe dará uma serpente? Se vós sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos; quanto mais, vosso Pai que está nos céus, vos dará boas coisas aos que lhe pedirem."(Mateus 7. 9-11).
 Queridos, vimos nessa mensagem, que Jesus Cristo através de seu sacrifício nos deu livre acesso a Deus Pai e, podemos chegar diante dele a qualquer hora e momento; podemos pedir por nós mesmo e por outras pessoas através de Jesus o nosso Sumo Sacerdote. Não precisamos de formalidades, ou seja, de palavras bonitas e especiais, ou de rituais para falar com Deus, pois ele é nosso Pai; podemos conversar com ele com toda intimidade e liberdade, mas com reverência, isto é, respeito, pois além de Pai ele é o nosso Deus.
 Aproveite esse grande presente que nosso Deus Pai através de seu Filho Jesus nos deu: " o livre acesso, ou seja, a liberdade de chegar até a ele quando quiser, e pedir o que quiser, na certeza de seremos ouvidos, atendidos e consequentemente vitoriosos em nome de Jesus."

  Que Deus lhe abençoe ricamente em nome de Jesus!


Mensagem iluminada pelo Espírito de Deus.
Em:04/06/2016.
Autora: Sandra Moura.






Nenhum comentário:

Postar um comentário